Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Câmara do Seixal reúne-se com ministra da Saúde

Joaquim Santos reúne com Marta Temido com a urgência pediátrica na agenda 

A Câmara do Seixal manifestou-se contra a insuficiência de cuidados de saúde prestados à população do concelho e de toda a região, que desde segunda-feira deixou de contar com a urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, durante o período noturno. Em reunião de câmara, decorrida esta quarta-feira, foi aprovada por unanimidade uma tomada de posição da autarquia que reclama um serviço de urgência pediátrica em funcionamento permanente, digno e de qualidade. A autarquia alerta para a degradação das respostas do Governo na área da saúde e exige a abertura imediata da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta.
Autarca vai falar com a ministra da Saúde 

Este será um dos assuntos a abordar pelo presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, na reunião desta sexta-feira com a ministra Marta Temido. A urgente necessidade de construção do hospital no Seixal, prometido desde 2009, é outro dos temas que ocupará o encontro, que se irá realizar a pedido do autarca.
"Para a população do nosso concelho, a urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta é o serviço de referência nesta área, é para lá que as unidades de cuidados de saúde primários encaminham os casos mais graves e mais complexos, estando agora em causa o atendimento com qualidade e rapidez às crianças da região, que terão de se deslocar para Lisboa", disse Joaquim Santos.
Na segunda-feira, o autarca, eleito pela CDU, mostrou-se "muito preocupado com a ausência de resposta" para esta urgência pediátrica que é tão "importante" para os concelhos que abrange.
"O que eu espero sinceramente é que não aconteça nenhum caso grave pelo facto de a urgência [pediátrica] do Garcia de Orta estar fechada", referiu o autarca, que marcou presença na vigília de utentes, esperançado de que os governantes resolvam a situação mais rápido do que o prazo previsto, de seis meses.
"Estamos aqui obviamente a pressionar, num bom sentido, usando o direito à manifestação e indignação para que os eleitos, os governantes, tomem as decisões necessárias para resolver os problemas. Acredito que o Governo terá de tomar medidas mais cedo do que aquelas que está a prever", considerou Joaquim Santos.

Autarquia ajuda instituições locais 
Na reunião de câmara desta quarta-feira, a autarquia aprovou também a atribuição de uma comparticipação financeira, no valor de 82 mil 410 euros, para o lar de 3.ª idade de Fernão Ferro, para o qual a autarquia já cedeu um terreno. Uma infraestrutura que terá capacidade para 63 camas e serviço de apoio domiciliário para 40 utentes.
Foi também aprovada a atribuição de uma verba no valor de 27 mil 409 euros à Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos da Freguesia de Amora, para apoiar a aquisição de novas 30 camas para a sua Unidade de Cuidados Continuados e Integrados.
Ficou ainda decidida a aquisição de 15 mil contentores, de 120 litros, com identificação por radiofrequência, destinados a resíduos urbanos biodegradáveis, no valor de 450 mil 030 euros.
Destaque ainda para a campanha de adesão à fatura eletrónica para os pagamentos referentes aos serviços prestados pela autarquia, em que o munícipe que aderir terá um desconto de 2,5 euros, valor que será creditado na fatura dos serviços de abastecimento de água, saneamento e resíduos do mês seguinte ao da adesão.

Agência de Notícias com Câmara do Seixal 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010