Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Urgência de Pediatria do Hospital de Almada em rutura

"Grave carência de médicos" perturba atendimento às crianças no Garcia de Orta  

O Hospital Garcia de Orta, em Almada, continua com falta de pediatras para assegurar a escala de urgência. Para preencher as 24 horas dos sete dias da semana, existem no quadro da unidade de saúde apenas sete especialistas, sendo que três não trabalham à noite por terem mais 50 anos. Os restantes turnos são cumpridos com recurso a tarefeiros. É este o motivo de mais uma conferência de imprensa à porta do hospital, convocada pela Federação Nacional dos Médicos para esta sexta-feira, ao meio-dia. Para o Sindicato dos Médicos da Zona Sul, o serviço de urgência de Pediatria do hospital de Almada "enfrenta graves carências de médicos pediatras para assegurar a escala de urgência, o que coloca em causa a qualidade dos cuidados prestados e a segurança dos profissionais". 
Falta de médicos pediatras agrava-se em Almada 

Os alertas para a falta de pediatras começaram em Março e a administração do hospital respondeu com a abertura de pelo menos três vagas para os quadros, mas estas não foram preenchidas, pelo menos na totalidade. "A situação tem vindo a agravar-se. Não tendo havido nenhuma solução para reforçar as escalas de urgência, há de facto uma grave carência de pediatras. Está mesmo em situação de rutura", diz o Sindicato dos Médicos da Zona Sul.
O serviço, diz o sindicato em comunicado enviado à ADN-Agência de Notícias, "tem apenas sete pediatras para assegurar diariamente a urgência, dos quais três elementos não fazem urgência no período noturno por terem ultrapassado o limite etário obrigatório. A escala de serviço apresenta-se quase todos os dias incompleta, contando frequentemente apenas com um especialista em Pediatra para uma afluência diária de mais de 150 utentes".
Esta composição da escala, explica o Sindicato dos Médicos da Zona Sul, "viola claramente o parecer do Colégio de Pediatria da Ordem dos Médicos" que recomenda a presença de "em média, um elemento por cada 20 doentes atendidos em cada período de 12 horas" e que "pelo menos metade da equipa deve ser constituída por especialistas em Pediatria".
Esta situação arrasta-se "há mais de um ano e tem vindo a agravar-se, sem que o Conselho de Administração do hospital nem o Ministério da Saúde tenham até à data encontrado uma solução", garante o sindicato que ainda afirma que o Conselho de Administração do hospital tem "recusado assumir a responsabilidade do problema, apesar de ter conhecimento das graves carências da escala de urgência".
Os médicos do Serviço de Pediatria do  Hospital Garcia de Orta "têm sido pressionados diretamente pela administração do hospital para fazerem urgências extra. Alguns médicos chegam a fazer quatro urgências numa semana, o que conduz à exaustão e acarreta sérios prejuízos para a qualidade de vida destes profissionais e da assistência aos utentes", denuncia o sindicato.

Almada é recordista em tarefeiros
Por enquanto, as falhas nas escalas são preenchidas por tarefeiros, evitando assim o encerramento do serviço como chegou a ser colocado em hipótese há uns meses. O Hospital Garcia de Orta tem um dos valores mais altos do país em contratação de prestadores de serviços. Em 2018, de acordo com o relatório social do ministério da Saúde e do Serviço Nacional de Saúde, divulgado em Setembro, foram contratadas 140 mil 243 horas no valor de três milhões 377 mil 454 euros.
Em causa fica a qualidade do serviço prestado, apontam as sindicalistas, com equipas desfalcadas e que por vezes não se conhecem. Os tarefeiros são "muitas vezes encontrados no próprio dia às 19 horas para ir fazer a noite", diz o sindicato.
Todos os dias acorrem às urgências de pediatria deste hospital mais de 130 pacientes, dos concelhos de Almada e Seixal, estimava o bastonário da Ordem dos Médicos, em Março. Para além do trabalho da urgência, os pediatras de serviço têm ainda de dar assistência à unidade de internamento de curta duração e à urgência interna dos doentes da enfermaria de pediatria.

Agência de Notícias 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010