Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 7 de maio de 2019

Setúbal discute problemas do Bairro Afonso Costa

Município vai “tentar resolver os problemas de um bairro mal feito de raiz nos anos 90”

A Câmara de Setúbal está a preparar um estudo de mobilidade e estacionamento para o Bairro Afonso Costa, com o objetivo de melhorar a qualidade desta área da cidade, foi revelado em reunião com moradores. O vereador das Obras Municipais, Carlos Rabaçal, anunciou, em encontro realizado na Escola Secundária D. João II, no qual também participou o presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, que a intenção é melhorar a circulação rodoviária e pedonal. “A circulação rodoviária e o estacionamento são muito maus”, indicou o autarca, realçando que o bairro, do final da década de 90, foi “mal feito de raiz” e que o município vai “tentar resolver o problema”, sublinhou Carlos Rabaçal.
Moradores reclamam mais investimento 

Algumas soluções previstas no estudo de mobilidade podem passar por “mudanças de sentidos de trânsito e criação de sentidos únicos para criar mais faixas de estacionamento”, diz ainda o vereador.
O projeto deverá incluir, igualmente, a“requalificação de pavimentos que se encontram em muito mau estado” e a definição de “melhores localizações para instalar os contentores de resíduos sólidos urbanos e ecopontos”.
O autarca pediu alguma “paciência” aos moradores, pois a elaboração do estudo é um processo moroso, mas deixa a garantia.
“Assim que tivermos uma proposta faremos uma reunião para a discutir convosco. Queremos saber se estão de acordo, ouvir as vossas sugestões e definir prioridades, porque o bairro é grande e o projeto terá de ser dividido por fases”, contou Carlos Rabaçal.
A reunião realizada no âmbito da estratégia municipal de ouvir a população para identificar os problemas de cada bairro e as possíveis soluções para os resolver, serviu de apresentação da Associação de Moradores do Bairro Afonso Costa.
Algumas das principais preocupações demonstradas pelos moradores do Bairro Afonso Costa, além das questões de circulação e estacionamento, dizem respeito à higiene e limpeza e aos passeios.
O vereador Carlos Rabaçal garantiu que a autarquia tem todas as situações sinalizadas, uma vez que foram detetadas quando o executivo e técnicos municipais visitaram o bairro no âmbito do projeto Ouvir a População, Construir o Futuro.

Requalificação do parque infantil
Para já vai avançar o projeto de requalificação do espaço ao lado da Escola Básica do Bairro Afonso Costa, onde se encontra o parque infantil, para o dotar de mais instrumentos de lazer para usufruto da população.
A intervenção, realizada numa parceria entre a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de São Sebastião, inclui a instalação de novos equipamentos e a reabilitação de alguns elementos que se encontram em mau estado, bem como a reabilitação do parque infantil.
O projeto contempla a instalação de uma pérgula, com mesas e cadeiras para “fomentar o convívio entre os moradores”, adiantou o presidente da junta, Nuno Costa.
Estão igualmente contemplados um bebedouro, aparelhos de ginástica, um parqueamento para bicicletas e novos equipamentos para o parque infantil, além do reforço da iluminação pública naquele local e a substituição das antigas luminárias por tecnologia LED.
Os moradores levantaram ainda preocupações relacionadas com os dejetos caninos, nomeadamente na zona do parque infantil.
Sobre esta matéria, Carlos Rabaçal garantiu que a autarquia vai manter as campanhas de sensibilização e reforçar a fiscalização, mas frisou que se trata, essencialmente, de um problema de civismo.
“A única solução é o dono limpar os dejetos do chão. A comunidade pode organizar-se para sensibilizar os vizinhos para esta questão e a autarquia está disponível para ajudar a organizar reuniões. Se for necessário vamos porta a porta fazer sensibilização porque não podemos permitir que continuem a sujar o bairro.”
O encontro foi, igualmente, uma oportunidade para a recém-criada Associação de Moradores do Bairro Afonso Costa se apresentar à comunidade e dar a conhecer os órgãos sociais e as atividades desenvolvidas e previstas para o futuro.
Em 2016, um grupo de cinco moradores juntou-se para organizar uma festa de santos populares e “recordar os tempos antigos em que os moradores do bairro se reuniam na rua e conviviam como família”, contou a presidente da direção, Isabel Segurado.
O grupo cresceu e constituiu-se como associação a 14 de Junho de 2018, com os objetivos de promoção de atividades socioculturais, como o evento “Afonso Costa em Festa”, que se realiza anualmente no período de verão, desportivas e ambientais e de apoio a projetos de reabilitação urbana.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010