Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Romaria entre Moita e Viana do Alentejo inicia "viagem"

Centenas de romeiros partem da Moita na quarta-feira

Centenas de romeiros, oriundos de vários pontos do país, vão voltar a cumprir a tradição e participar na Romaria a Cavalo que, todos os anos, liga Moita a Viana do Alentejo. A iniciativa, que decorre de 24 a 28 de Abril, é uma organização conjunta das câmaras municipais de Moita e de Viana do Alentejo, da Associação dos Romeiros da Tradição Moitense e da Associação Equestre de Viana do Alentejo. A partida está marcada para a manhã desta quarta-feira após a bênção da imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, junto à Igreja Paroquial da Moita. O percurso de cerca de 150 quilómetros é feito pela antiga Canada Real, mais conhecida por Estrada dos Espanhóis, através de quintas e caminhos de terra batida, seguindo o carro-andor que transporta a imagem da Nossa Senhora da Boa Viagem, padroeira da Moita. Os romeiros vão pernoitar nas localidades de Poceirão, Casebres, Alcáçovas e junto ao Santuário de Nossa Senhora de Aires. A chegada a Viana do Alentejo, um dos pontos altos da romaria, acontece por volta das cinco da tarde, no dia 28 de Abril. Nesta edição do certame são esperados cerca de mil cavalos e três mil romeiros.
Romaria a cavalo parte esta quarta-feita 

Retomada em 2001, após um interregno de mais de 70 anos, a iniciativa conta, anualmente, com centenas de romeiros, oriundos de vários pontos do país, segundo os organizadores.
A romaria recupera uma antiga tradição de caráter religioso existente na vila de Moita, quando "os lavradores se deslocavam com os seus animais ao Santuário de Nossa Senhora D'Aires", em Viana do Alentejo, para "pedirem proteção e boas colheitas", lembrou a câmara municipal alentejana.
Na edição deste ano, os participantes vão partir da vila do distrito de Setúbal no dia 24, às 9h30, transportando a imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, que se irá juntar à imagem de Nossa Senhora D'Aires à chegada dos romeiros a Viana do Alentejo, prevista para dia 27, por volta das 17 horas.
Com a atriz Alexandra Lencastre como madrinha da 19.º Romaria a Cavalo, as centenas de romeiros vão cumprir a tradição de ligar as duas vilas numa viagem de 150 quilómetros, por caminhos de terra batida, com passagem por diversas localidades.
O presidente da Câmara da Moita, Rui Garcia lançou o desafio para que todos façam “a ligação entre o Tejo e o coração do Alentejo”, passando “pelos caminhos e pela essência do que é este território entre o Tejo e o Alentejo”.
O presidente, Rui Garcia, afirmou que “a organização pretende que, ano após ano, este evento cresça e que os mais de 600 cavaleiros e cavalos que no ano passado chegaram a Viana do Alentejo, sejam superados”. “Fica o convite a todos, para que não percam esta experiência, não há outra igual em Portugal”, concluiu o autarca.
Para o presidente da Câmara de Viana do Alentejo, a Romaria assume-se como “um dos eventos mais importantes para a economia local”. Bernardino Pinto aproveitou a oportunidade para agradecer a “todos aqueles que tornam possível o evento, sem esquecer as centenas de romeiros que, ano após ano, se juntam à Romaria a Cavalo”, fazendo votos para que “ a edição de 2019 seja ainda melhor que a do ano anterior”.
No que toca ao turismo, o evento ganha cada vez mais notoriedade para as duas regiões. A propósito e numa altura e que o turista procura experiências diferenciadoras, Rui Garcia, lançou o desafio “para que façam esta ligação entre o Tejo e o coração do Alentejo a cavalo”, acrescentando que será uma “aventura atravessar mais de 150 quilómetros através dos campos do Alentejo, ligando duas regiões, num cenário inolvidável, pelos caminhos e herdades”.Os participantes são quase todos apaixonados por cavalos e natureza. Na cavalgada de quatro dias seguirá, como sempre, o carro-andor puxado por dois cavalos com a imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem.
A partida da romaria está marcada para a manhã de quarta-feira depois da bênção da imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, junto à Igreja Paroquial da Moita. O percurso será feito pela antiga canada real, mais conhecida por Estrada dos Espanhóis, passando os romeiros pelas localidades de Pinhal Novo, Valdera, Poceirão, Landeira, Casebres, S. Cristóvão, Casa Branca e S. Brás do Regedouro. A chegada a Viana do Alentejo é um dos pontos altos da romaria.

A festa da chegada a Viana do Alentejo 
Como é habitual, a Câmara de Viana do Alentejo preparou um programa cultural para dia 27, "para receber os muitos visitantes" esperados na sede de concelho, mas a animação começa logo na noite anterior, em Alcáçovas, já neste município alentejano, onde os romeiros vão pernoitar, com atuações de grupos de sevilhanas e flamenco, além de baile.
Em Viana do Alentejo, no dia de chegada da romaria, a partir das 15h30, está prevista "festa" pelas ruas da vila, com atuações de cante alentejano, de grupos de música popular e do Grupo de Bombos Toca a Bombar.
Na noite de sábado e também no domingo, o "clima de festa" passa para a Tenda Tradições, junto do Santuário de Nossa Senhora D'Aires, com música, baile, dj, sevilhanas, flamenco e a Tuna do Polo de Viana do Alentejo da Universidade Popular Túlio Espanca da Universidade de Évora.
A vertente religiosa do evento, indicou a câmara, inclui duas procissões, uma na noite de sábado, às 21 horas, e outra no domingo de manhã, seguida de missa campal no santuário, a partir das 10 horas.
A exposição "Olaria & Cerâmica: percursos de aprendizagem", no antigo Posto de Turismo, vai poder ser visitada pelo público durante o certame, explicou a câmara, acrescentando que, até dia 18, estão ainda abertas inscrições para o Concurso de Janelas, Varandas e Montras Engalanadas, promovido no âmbito da Romaria a Cavalo, evento que conta com o financiamento da Turismo do Alentejo e Ribatejo.

Agência de Notícias com Lusa 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010