Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 6 de março de 2019

Moita investe forte nas soluções energéticas

Autarquia quer reduzir custo com iluminação publica e avançar com requalificação urbana 

A Câmara da Moita assume agora a necessidade premente de implementar iluminação LED nos espaços públicos, com vista à diminuição do consumo energético até 2020. O executivo  aprovou recentemente, em Sessão de Câmara, a abertura do procedimento para a implementação de medidas de eficiência energética no sistema de iluminação pública no concelho. Na mesma reunião, foram aprovadas, por unanimidade, as decisões de adjudicação das empreitadas “Reabilitação do Parque Habitacional Municipal – Vale da Amoreira” e “Requalificação da Frente Ribeirinha entre a Moita e o Gaio”.
Requalificação e iluminação na agenda da autarquia 

A autarquia aprovou, por unanimidade, a abertura de um procedimento para a adjudicação de contrato de gestão de eficiência energética, destinado à implementação de medidas de melhoria de eficiência energética, no sistema de iluminação pública no concelho. Uma aprovação que tem em conta as metas nacionais para redução do consumo de energia até final de 2020, no âmbito da legislação aprovada sobre esta matéria.
Através destas medidas a Câmara pretende substituir a iluminação pública existente por iluminação LED, “o que se traduz numa poupança significativa dos consumos de energia eléctrica, ao mesmo tempo que se optimiza os níveis de iluminação e se reduz a emissão de gases de efeito de estufa”, diz a Câmara da Moita em comunicado.
Na mesma reunião, foram aprovadas, por unanimidade, as decisões de adjudicação das empreitadas “Reabilitação do Parque Habitacional Municipal – Vale da Amoreira” e “Requalificação da Frente Ribeirinha entre a Moita e o Gaio”.
Contexto em que, os blocos de edifícios de habitação social, propriedade do município, situados na Rua das Tulipas, no Vale da Amoreira, vão ser alvo de obras de reabilitação, tendo em vista a melhoria geral da sua imagem, conforto e eficiência energética.

Requalificação do espaço público e habitacional
Obras avaliadas num valor superior a 270 mil euros, que vão incluir a substituição das coberturas de fibrocimento, a substituição de tubagens de escoamento de águas pluviais, pinturas de algumas zonas exteriores e zonas comuns interiores, a substituição de portas de entrada dos edifícios e da rede eléctrica colectiva das zonas comuns e a construção de um acesso em rampa, com vista a melhorar a acessibilidade num dos edifícios.
A par da aposta na requalificação da habitação social, esteve também em deliberação a empreitada de requalificação da frente ribeirinha entre a Moita e o Gaio/Rosário, que contempla a reabilitação do percurso pedonal e ciclável existente, a plantação de um alinhamento de árvores, a reabilitação da ruína do moinho de maré, bem como a modelação e limpeza do terreno entre a ciclovia e o rio.
Um investimento municipal de 253 mil euros, através do qual a autarquia pretende “contribuir para a valorização e proteção ecológica das margens ribeirinhas, criando um percurso de interpretação e observação da paisagem e promovendo a sua fruição”, conclui a nota da autarquia.

Agência de Notícias com Câmara da Moita 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010