Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 12 de março de 2019

Jovem morre no hospital após atropelamento no Montijo

Jovem foi atropelado quando saia do autocarro de regresso a casa 

Emanuel Elias, um jovem de 20 anos que fazia parte da fanfarra dos bombeiros do Montijo, morreu atropelado ao final da noite de domingo, momentos depois de ter saído do autocarro que o levou do trabalho a casa, na estrada entre a vila do Samouco e a cidade. Segundo Américo Moreira, comandante da corporação, o jovem trabalhava num pronto a comer no centro comercial Fórum Montijo. O anúncio da morte de Emanuel Elias foi dado pela corporação do Montijo nas redes sociais.
Jovem pertencia à fanfarra dos Bombeiros 

Emanuel faleceu durante a madrugada desta segunda-feira no Hospital Garcia de Orta, em Almada, depois de ter sido vítima de atropelamento quando, domingo à noite, atravessava a Estrada Municipal 501, junto ao Bairro da Caneira, no Montijo, para se dirigir para casa. O jovem Emanuel Elias pertencia à fanfarra dos Bombeiros Voluntários do Montijo e não resistiu aos ferimentos provocados pelo acidente.
Segundo fonte da corporação, o jovem foi “atropelado por um automóvel que circulava no sentido Samouco-Montijo”, acabando por ser transportado por uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) “em estado muito grave” para o hospital de Almada, onde viria a falecer “na madrugada desta segunda-feira”.
O jovem trabalhava no Forum Montijo e estaria a "regressar a casa após mais um dia de trabalho na unidade comercial", contam os amigos.
"Ele morava com os irmãos junto à cadeia do Montijo. O autocarro parou ali perto e, ao sair, contornou o pesado pelas traseiras. Foi então que veio um condutor que não o deve ter visto e o colheu com violência", explicou o comandante Américo Moreira.
O jovem ficou inconsciente e teve de ser assistido no local por um dispositivo de socorro, constituído por colegas dos bombeiros do Montijo. Ainda foi transportado para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, onde veio a falecer. 
Emanuel Elias tinha entrado nos bombeiros aos 14 anos. "Ele tinha saído de uma instituição de apoio a jovens com essa idade", concluiu o comandante dos bombeiros do Montijo. Emanuel Elias era visto nos bombeiros como “um jovem muito amigo do seu amigo”.
Além da VMER do hospital do Barreiro, estiveram presentes no local do acidente os Bombeiros do Montijo e a PSP.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010