Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 14 de março de 2019

Almada procura promotor para o Sol da Caparica

Deram-no como cancelado mas o festival continua bem vivo 

A Câmara de Almada confirmou esta quinta-feira que o Festival O Sol da Caparica vai regressar em 2019 para a sua sexta edição, mantendo o conceito, no entanto, a autarquia procura um novo promotor. “O Festival O Sol da Caparica vai realizar-se em 2019. Neste momento encontra-se o procedimento legal tendo em vista a contratação do produtor”, revelou a autarquia, numa nota enviada à agência Lusa. O evento costuma acontecer no parque urbano da Costa de Caparica, em Almada, e diferencia-se pela “diversidade”.

Festival regressa à Costa este verão 

Segundo o município, já “existem interessados” na realização do festival, pelo que a Câmara de Almada irá estipular um prazo para a entrega de propostas.
O grupo do Facebook “Eu Gosto das Freguesias de Almada” e o antigo vereador do PCP António Matos tinham avançado que o festival teria sido “cancelado” e que os diretores do Sol da Caparica estavam “fora da nova equação”.
No documento divulgado, o município não explicou os motivos que levaram a esta decisão, contudo, garantiu que o evento vai realizar-se em 2019, mantendo os “princípios associados à marca”, nomeadamente a promoção de música originária dos Países de Língua Oficial Portuguesa.
De acordo com a autarquia, o novo promotor deverá gerir a programação, a contratação e montagem de equipamentos, a criação do circuito de sinalética tanto no interior como no exterior do recinto, a criação de serviços criativos para conteúdos editoriais, redes sociais e comunicação, além da responsabilidade em angariar patrocínios e fundos.
“Como contrapartida, a câmara, pela prestação dos serviços objeto do contrato, concederá ao concorrente a utilização da marca “O Sol da Caparica”, neste evento, bem como a cedência do espaço para a realização do mesmo, os proveitos de bilhética e ainda procederá ao pagamento de uma quantia que não excederá o valor de 70 mil euros”, adiantou.

Sol concorre para melhor festival ibérico 
O Sol da Caparica é um festival de música anual que decorre na Costa de Caparica, em Portugal. O festival de quatro dias tem lugar à beira mar, tirando o maior partido da pitoresca localização para uma celebração de verão.
E com a praia a apenas alguns passos, o festival não atrai apenas os fãs de música, mas também aqueles que "pretendem tirar o maior partido das ondas, seja em pranchas de surf ou apenas para se refrescarem depois de um dia ao sol", refere a organização.
Milhares de festivaleiros esgotaram o recinto do Jardim Urbano da Costa de Caparica, em Agosto do ano passado, e vibraram ao som de concertos únicos, dança, arte urbana e muita animação.
Anselmo Ralph, Jorge Palma, Carminho, Miguel Araújo, Djodje, GNR, Expensive Soul, Ana Bacalhau, Sara Tavares, Rodrigo Leão ou Amor Electro foram alguns dos artistas que animaram os palcos do festival promovido pela Câmara de Almada que regressa, de novo, em Agosto deste ano.
O Sol da Caparica, o MIMO (Amarante), Músicas do Mundo (Sines), F (Faro) e Musa (Cascais) são os candidatos portugueses ao prémio de melhor festival ibérico, cujo vencedor é anunciado esta noite numa cerimónia a realizar em Vigo.
Os representantes nacionais vão disputar o galardão com cinco candidatos espanhóis (Bilbao BK Live, Dreambeach Villaricos, Resurrection Fest Estrella Galicia, Rototom Sunsplash e Sonorama Ribera).

Agência de Notícias  

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010