Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 20 de março de 2019

Alcochete requalifica Igreja da Misericórdia

Autarquia investe no património histórico e patrimonial da vila 

A câmara de Alcochete deu início aos procedimentos associados ao concurso público para a empreitada de requalificação da Igreja da Misericórdia de Alcochete, onde funciona atualmente o Núcleo de Arte Sacra do Museu Municipal de Alcochete. Imóvel de elevado valor histórico e patrimonial, que ostenta uma importante coleção de pintura, com destaque para o retábulo do altar-mor e ainda a bandeira da Misericórdia, uma das mais antigas do país, apresenta um avançado estado de degradação, que condiciona inclusivamente a realização, na plenitude desejada, de algumas iniciativas. O investimento será de quase 180 mil euros. 
Igreja da Misericórdia vai ser requalificada  


“Vamos fazer uma intervenção num equipamento classificado, que possui obras de elevado valor e que durante vários anos se viu privado de duas salas, que foram mantidas fechadas, e apresentam falta de condições para acolher o espólio existente, que desta forma ficou sujeito a humidade e infiltrações, correndo sérios risco de deterioração”, explicou o vereador Vasco Pinto.
“A intervenção visa essencialmente corrigir algumas anomalias que foram identificadas, tais como infiltração de água, muito por força da proximidade daquele equipamento ao rio e às intempéries vindas de norte, que tem provocado, nas várias faces da fachada, fissuras que no fundo levam a que hajam muitas infiltrações, principalmente na nave central”, adiantou o vereador da cultura.
A requalificação do imóvel integra intervenções na cobertura, nas fachadas e também nos pisos flutuantes das duas salas superiores, que dão acesso à galeria da Igreja da Misericórdia, nos sistemas de vigilância e segurança, assim como a deslocalização do Posto de Turismo para a área da Galilé.
O projeto de requalificação e o procedimento de concurso público para a empreitada de requalificação da Igreja da Misericórdia foram aprovados, por unanimidade, na sessão de câmara que decorreu na Fonte da Senhora.
Refira-se ainda que a obra pública objeto do contrato a celebrar é co-financiada, no âmbito do Quadro Comunitário de Apoios Financeiros Portugal 2020, o prazo de execução está estimado em quatro meses e tem uma estimativa orçamental de 179 mil 904 euros (valor base sem iva).

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010