Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Vai nascer a Casa da Dança de Almada

Cacilhas vai receber espaço dedicado à dança contemporânea 

A Câmara de Almada assinou um protocolo com a Companhia Paulo Ribeiro para a criação da Casa da Dança, um projecto que será instalado em Cacilhas. A Casa da Dança de Almada será uma estrutura centrada na dança contemporânea. O coreógrafo deverá apresentar, "no decorrer do ano 2019, o plano estratégico para a implementação efectiva do projecto", explica a câmara. A Casa da Dança quer ser um lugar que se estende pela cidade, "promovendo um contacto regular com a dança contemporânea e mecanismos de aprofundamento da relação dos cidadãos com a criação artística", sublinha a Câmara de Almada. 
Almada vai ter casa dedicada à dança 

"A Companhia Paulo Ribeiro - Associação Cultural receberá 120 mil euros para a concretização, dinamização e programação deste projecto, a instalar no Ponto de Encontro, em Cacilhas", indica, em comunicado, o município do distrito de Setúbal.
Segundo a mesma fonte, a Casa da Dança de Almada será uma estrutura centrada na dança contemporânea, com dois objectivos principais: "garantir uma oferta de qualidade ao nível da programação de espectáculos de dança contemporânea e promover o ensino das diferentes modalidades de dança contemporânea e, sobretudo, junto da população mais jovem de lançar novos horizontes e de resgatar talentos".
A Casa da Dança de Almada vai apostar no cruzamento de experiências entre coreógrafos e bailarinos com um percurso afirmado e jovens profissionais, contribuindo para "a emergência e afirmação de novos talentos e para o crescimento e a afirmação sustentáveis da comunidade profissional da dança, em Almada e no país", sublinha a autarquia liderada por Inês de Medeiros.
 autarquia destaca a "projecção internacional" do coreógrafo e bailarino Paulo Ribeiro, que já foi director de várias companhias e estruturas de bailado, como o Teatro Viriato, o Ballet Gulbenkian e a Companhia Nacional de Bailado.
Paulo Ribeiro anunciou em Julho a sua demissão da direcção do Companhia Nacional de Bailado por "decisão pessoal", tendo sido substituído por Sofia Campos.
O coreógrafo vai agora assumir a criação da Casa da Dança de Almada e deverá apresentar, "no decorrer do ano 2019, o plano estratégico para a implementação efectiva do projecto", explica a câmara.
A companhia deverá também assegurar duas actuações com produções próprias, apresentar duas co-produções com companhias congéneres, nacionais ou internacionais, promover um acolhimento internacional, parcerias e intercâmbios.

Agência de Notícias com Lusa 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010