Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Sines quer combater insucesso escolar no concelho

Autarquia quer reduzir taxa de alunos com níveis negativos 

A Câmara de Sines, no distrito de Setúbal, anunciou esta quarta-feira a instalação de laboratórios de aprendizagem em duas escolas do concelho, no âmbito de um programa destinado a combater o insucesso escolar. Segundo a autarquia, o primeiro laboratório de aprendizagem já está em funcionamento na sede do Agrupamento de Escolas de Sines, estando o segundo espaço “em fase de instalação” na Escola Secundária Poeta Al Berto. Os promotores pretendem reduzir, pelo menos, "em 10 por cento a taxa de alunos com níveis negativos a pelo menos uma disciplina.
Câmara quer melhorar desempenho dos alunos 


Também designados por “salas de aula do futuro”, os laboratórios de aprendizagem, criados em parceria com o Agrupamento de Escolas de Sines e a Escola Secundária Poeta Al Berto, são “espaços dotados de equipamento tecnológico e digital e de mobiliário escolar adequado a uma sala multifuncional”, explicou o município.
“Os laboratórios permitem a aplicação de várias modalidades de ensino e aprendizagem, além da utilização de recursos digitais e interativos nas várias áreas disciplinares, aliando o espaço e a tecnologia” e “facilitando o trabalho com os alunos dentro e fora da sala de aula”, realçou a autarquia.
A criação dos laboratórios no concelho de Sines, no litoral alentejano, está inserida no programa 'Aprender Fora de Portas', que conta com o apoio de fundos comunitários, para “combater o insucesso escolar e prevenir o abandono e o absentismo", segundo os promotores.
Além da criação dos laboratórios de aprendizagem, o programa, que vai decorrer até ao final deste ano, prevê a realização de 'workshops', seminários, ações de capacitação, atividades de enriquecimento curricular e sessões de musicoterapia.
Os promotores pretendem reduzir, pelo menos, "em 10 por cento a taxa de alunos com níveis negativos a pelo menos uma disciplina, em comparação com os resultados do ano letivo 2016/17, e também diminuir em 25 por cento a taxa de retenção e de desistência".
O programa 'Aprender Fora de Portas' representa um investimento de 555 mil euros e é comparticipado em 85 por cento pelo Fundo Social Europeu, no âmbito do programa operacional Alentejo 2020.
A comparticipação da União Europeia é de 471 mil 463 euros e a comparticipação pública nacional, assegurada pelo município de Sines, totaliza 83 mil 199 euros.

Agência de Notícias com Lusa

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010