Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Grândola liderou turismo no Alentejo Litoral em 2017

Mais dormidas, mais turistas e mais investimento num ano histórico 

O concelho de Grândola foi o município do litoral alentejano com “o maior número de dormidas, hóspedes e proveitos” turísticos em 2017, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística no final do ano passado. Aludindo aos “últimos dados publicados pelo INE, referentes ao ano de 2017″, a Câmara de Grândola sublinha que “perto de 130 mil turistas pernoitaram no concelho, o que representa “mais 21 mil 100” face a 2016.

Grândola atrai cada vez mais turistas 


“Segundo os últimos dados publicados pelo INE, referentes a 2017, o concelho de Grândola registou através dos estabelecimentos de alojamento turístico o maior número de dormidas, hóspedes e proveitos do Litoral Alentejano, apresentando ainda um crescimento considerável relativamente a 2016”, refere o município em nota de imprensa .
“Em 2017 perto de 130 mil  turistas elegeram Grândola para pernoitarem, mais 21 mil 100 comparativamente a 2016. Quanto às dormidas, estas registaram um aumento na ordem dos 16 por cento, correspondendo a 45 por cento do total do Litoral Alentejano.
Já os proveitos totais dos estabelecimentos hoteleiros ultrapassaram os 21 milhões de euros só em 2017, representando 49 por cento do total da região. 
Grândola é ainda líder no que toca à estada média do turista – 2,7 noites, superior à estada média do Alentejo (1,8) e de Portugal Continental (2,5), sendo "contínuo o trabalho do município no combate à sazonalidade, através da promoção do território, realização de iniciativas e eventos e através dos fortes investimentos do Município e privados no concelho", acrescenta o comunicado da autarquia.
“Nos últimos quatro anos Grândola quase duplicou todos os indicadores aqui apresentados”, conclui o comunicado de imprensa.

O que há para ver em Grândola 
Sobre a fraternidade, a Liberdade e a Solidariedade, valores que desde sempre nortearam a vida da Vila Morena, deixou Zeca Afonso o legado na senha da Revolução dos Cravos. Hoje, Grândola é uma localidade virada para as suas tradições e para o vasto património, sobretudo natural, que compõe este concelho do litoral alentejano. 
As praias estão classificadas como das melhores do território nacional. O difícil é escolher uma nos cerca de 50 quilómetros de areal entre Melides e Troia. Certamente, se não conhece, já ouviu falar da Comporta, do Carvalhal, ou da praia da Galé, e todas merecem uma visita e um momento de pausa com o Atlântico e a Serra da Arrábida, do outro lado do estuário do Sado como pano de fundo. Reserve para este passeio as primeiras horas da manhã, ou as últimas antes do pôr do sol. 
Na sede de concelho é impossível não reparar no grande mural que presta homenagem a ‘Grândola Vila Morena’, um símbolo não só musical como também político do País. Passe pela praça D. Jorge, no centro histórico, onde se situavam o tribunal, a cadeia, o celeiro da comenda, a Misericórdia e o antigo hospital. Pode ainda visitar o Museu de Arte Sacra, que fica na Igreja de São Sebastião, do séc. XVI, e integrado na rede artística da Diocese de Beja, alberga uma exposição permanente sobre a valiosa arte sacra existente no concelho, a par de mostras temporárias. 
Há ainda um roteiro arqueológico para os mais entusiastas desta temática, com o ponto mais relevante a ficar na península de Tróia, onde há vestígios de um complexo industrial de salga de peixe constituído por diversas fábricas com tanques da época romana, e de uma basílica paleocristã com pinturas murais. 
Um raro património que pode ser visitado, com marcação, com atividades para crianças, passeios organizados, experiências à volta da cultura romana. Reserve ainda tempo para conhecer as planícies e a serra de Grândola, pontuada pelo montado e descubra também o Centro de Ciência Viva das Minas do Lousal. 
Fica no antigo edifício das minas, e é um centro moderno com múltiplos espaços para explorar as diversas ciências naturais e exatas. Integra áreas expositivas, módulos interativos, uma gruta virtual, um laboratório, um cibercafé, um auditório, espaços recreativos e um miradouro. 
Entre o mar e a serra, Grândola também se conhece melhor encostado ao balcão de uma das suas muitas tabernas, onde reinam o cante e os petiscos alentejanos.
A grande festa de Grândola regressa sempre à Vila Morena no final de Agosto. É uma das maiores feiras do Alentejo e do país e conta sempre com nomes sonantes da música portuguesa.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010