Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

D. Manuel Martins dá nome a largo em Setúbal

Cidade reconhece trabalho e obra do "Bispo Vermelho" 

O Largo D. Manuel Martins, em homenagem ao bispo emérito de Setúbal, foi inaugurado junto da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, na Avenida Bento de Jesus Caraça, em Setúbal. Na cerimónia, que contou com as presenças do presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, Nuno Costa, do vigário geral da Diocese de Setúbal, José Lobato, e do pároco de Nossa Senhora da Conceição, Constantino Alves, entre outros, a presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, sublinhou a justeza da homenagem a um homem que marcou a região.

“D. Manuel Martins fica para sempre na memória de todos os setubalenses e de todos os portugueses como o homem justo que sempre soube de que lado deveria estar, do lado dos mais desfavorecidos, do lado daqueles por quem sempre lutou, por quem sempre levantou a voz e por quem sempre estava disposto a sacrificar-se”, sublinhou a autarca de Setúbal.
O “bispo vermelho”, como foi apelidado, esteve, quando foi necessário, “no lado certo da história” e será recordado por características como “lucidez, humanismo, sentido de justiça e sentido de humor”.
Manuel Martins, primeiro bispo da Diocese de Setúbal, falecido em Setembro do ano passado, é evocado pela autarca como um “amigo de Setúbal que, no momento complexo em que se fez setubalense, soube ler o que ia na alma de gentes fustigadas pela dor da pobreza, da miséria, dos salários em atraso”, e, por isso “a cidade agradece-lhe o que por ela fez”.
A autarca acredita que a cidade não esquecerá o papel desempenhado “naqueles tempos difíceis”, nem o entusiasmo que D. Manuel Martins sentiu quando chegou a Setúbal e quis assumir ser um dos que “trabalham e lutam para que o homem seja mais homem, numa sociedade mais justa”, como ele próprio escreveu.
Maria das Dores Meira sublinha que “gravar o nome de um homem bom numa rua ou numa avenida é, sem dúvida, uma forma absolutamente digna de o homenagear”, assim como é uma “poderosa forma de recordar o que fez pela cidade em que viveu e trabalhou, pelo país onde nasceu ou de que se fez cidadão”.
A cerimónia de inauguração do Largo D. Manuel Martins contou, além de outros membros do Executivo municipal, com a participação de dezenas de populares, que prestaram, desta forma, homenagem ao primeiro bispo da Diocese de Setúbal, entre 1975 e 1998.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010