Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Seixal preside à Rede dos Municípios Saudáveis

Municípios Saudáveis assumem compromisso com a saúde local 


O Município do Seixal, que preside à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, esteve, em Lagoa, nos Açores, para participar nas Comemorações do aniversário da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis. O evento teve como objetivo promover estratégias e políticas de governação para a saúde, o qual contou com a reunião ordinária da assembleia intermunicipal e com o VII fórum desta associação de municípios. Participaram 34 municípios portugueses que ressalvaram uma vez mais o seu compromisso com a promoção da saúde da população. O presidente da Câmara  do Seixal, Joaquim Santos, que preside igualmente à Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, saudou os 21 anos de serviço desta rede, salientando que "atingimos este ano 55 municípios associados, que abrangem quase 40 por cento da população nacional, e é nosso objetivo continuar a crescer". 
Seixal  é um dos 55 municípios saudáveis 

O autarca acrescentou ainda que "no próximo ano comemoramos 40 anos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), pelo que julgamos que é tempo suficiente para avaliar os aspetos positivos, como o alargamento generalizado do direito à saúde a toda a população, os ganhos civilizacionais e de melhoria da saúde e condição de vida alcançados, mas também para identificar e corrigir insuficiências no sentido de potenciar o SNS ao serviço das populações, tornando-o mais equitativo e sustentável".
Joaquim Santos lembrou ainda que "estamos perante um quadro de descentralização de competências em 23 áreas, do Governo para as autarquias, onde sobressai a área da saúde e todos sabemos que se existe área crítica, é a área da saúde, e por isso este processo tem de ser encarado com o máximo de responsabilidade e de transparência de modo a que no final do processo ganhem as pessoas".
Durante dois dias, os 34 municípios associados debateram e partilharam boas práticas de promoção da saúde e definiram prioridades de ação para o futuro desta associação de municípios. De destacar a adesão de cinco novos associados: Avis, Coimbra, Cuba, Porto e Santo Tirso.
Estes dois dias de trabalho culminaram com a assinatura da Declaração de Lagoa, Açores, que expressa o claro compromisso dos Municípios Saudáveis com a governação local para a saúde enquanto fator determinante para uma liderança sustentada no compromisso político com a saúde e qualidade de vida.
No ano em que se assinala o 30.º aniversário do Movimento Cidades Saudáveis da Organização Mundial de Saúde  e o 21.º aniversário da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, os autarcas desta associação de municípios subscreveram um conjunto de compromissos que compaginam com a visão para o futuro deste movimento da Organização Mundial de Saúde assente nos pilares Pessoas, Lugar, Participação, Prosperidade, Paz e Planeta, alinhada com a Agenda para o Desenvolvimento Sustentável 2030 das Nações Unidas.
Esta declaração, que constitui o compromisso dos 55 municípios que integram, actualmente, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, uma associação de promoção da saúde presidida pelo Município do Seixal, pode ser consultada na pagina oficial da organização.
Além do Seixal, também fazem parte da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis no distrito de Setúbal, os municípios de Palmela, Sesimbra, Montijo, Almada, Setúbal e Barreiro

Agência de Notícias com Câmara do Seixal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010