Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

TST implementa transporte a pedido em Sesimbra

Basta telefonar e reservar a carreira... 

A empresa Transportes do Sul do Tejo, em articulação com a Câmara de Sesimbra, iniciou esta semana, em alguns trajetos do concelho, um modelo de transporte a pedido, que funcionará em períodos específicos. O transporte a pedido arrancou na Carreira 261 (Cabo Espichel – Zambujal). Esta carreira terá horários articulados com a carreira 201 (Sesimbra – Azoia), e vai efetuar-se diariamente. "O atual tarifário não sofrerá alterações", sublinhou a Câmara de Sesimbra em comunicado. Para quem ainda não conhece, é um serviço de transporte público em que o passageiro pode solicitar transporte, mediante reserva prévia da viagem que pretende efetuar dentro dos percursos definidos.
Sesimbra vai ter transportes a pedido 

O passageiro que está ou pretende deslocar-se para uma zona de transporte a pedido deve fazer um contacto prévio através da linha telefónica gratuita 800 500 270, entre as 9 e as 12h30 de qualquer dia útil anterior ao da viagem, indicando o número da paragem e de carreira e um dos horários predefinidos para o percurso pretendido. 
A medida enquadra-se "num conjunto de alterações na rede de transportes cujo objetivo é a otimização da oferta, o aumento da comodidade dos munícipes e o incentivo à utilização dos transportes coletivos em detrimento do transporte individual, com os consequentes benefícios ambientais", conta a autarquia.
Esta modalidade de transporte "será implementada em zonas de baixa densidade populacional onde a procura é reduzida, o que gera impactos ambientais e económicos negativos. Em vez da supressão destas carreiras, o transporte flexível permite reforçar os horários e assegurar mobilidade a um conjunto de passageiros não regulares", diz o comunicado enviado à ADN-Agência de Notícias.

Como funciona o transporte a pedido
O passageiro que está ou pretende deslocar-se para uma zona de transporte a pedido deve fazer um contacto prévio através da linha telefónica gratuita 800 500 270, entre as 9 e as 12h30 de qualquer dia útil anterior ao da viagem, indicando o número da paragem e de carreira e um dos horários predefinidos para o percurso pretendido. 
O pedido é registado numa central e no dia marcado, o motorista passará no local, no horário indicado, com a certeza de que haverá passageiros para transportar.
A entrada em funcionamento do transporte a pedido traduz-se, de imediato, "num aumento dos horários dos transportes nas zonas abrangidas, e num benefício para os utentes, pois permite manter carreiras em zonas onde o número de passageiros é residual", refere a autarquia. 
Ao mesmo tempo, explica ainda o comunicado, "liberta recursos para reforço dos transportes em zonas onde a procura é maior, com especial incidência na população em idade escolar". 
O modelo é usado em vários pontos do país e do mundo, há vários anos, e na Área Metropolitana de Lisboa vai ser testado no concelho de Sesimbra.

Agência de Notícias com Câmara de Sesimbra 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010