Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Governo negoceia reforço do serviço da Fertagus a Setúbal

Governo estuda reforço da Fertagus à cidade mas a autarquia quer integra-la na CP 

A negociação em curso da concessão da operadora ferroviária Fertagus passa pelo reforço do serviço da transportadora à cidade de Setúbal e apontam para a integração da participada do Grupo Barraqueiro no regime dos passes sociais. A revelação foi feita esta semana por Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas, na audição na Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, na assembleia da República. No entanto, a  Câmara de Setúbal aprovou, em reunião pública, uma moção que defende o fim da exploração de transporte ferroviário pela Fertagus e a integração do serviço na CP - Comboios de Portugal, sublinha o município. 
Fertagus pode aderir aos passes sociais 

“Está em curso um processo de renegociação no âmbito da concessão, nomeadamente por causa dos aumentos da taxa de utilização da infraestrutura, da não atualização de tarifas e por medidas de política pública que nós entendemos positivas. O reforço do serviço a Setúbal é um dos desígnios e outro é a integração daquele serviço Fertagus no contexto dos apoios à mobilidade, nomeadamente no contexto dos passes sociais”, garantiu Pedro Marques.
Segundo o governante, “havendo esse trabalho em curso, [de uma] comissão que havia sido ativada, que não tinha produzido resultados, que está agora a trabalhar”, “qualquer coisa que eu diga mais no meio de uma negociação desta natureza não é oportuno do nosso ponto de vista”.
“O que é oportuno é fazer a renegociação da parceria e, depois, eventualmente, fazer qualquer tipo de decisão sobre a questão futura", explicou Pedro Marques.
A Fertagus, detida pelo Grupo Barraqueiro, é a única operadora ferroviária de transporte de passageiros privada a funcionar em Portugal, fazendo a ligação entre Roma-Areeiro, na cidade de Lisboa, com Setúbal, na travessia na ponte 25 de Abril, com passagens pelos concelhos de Almada, Seixal, Barreiro e Palmela. 

Câmara de Setúbal defende fim de concessão ferroviária à Fertagus
A Câmara de Setúbal aprovou, em reunião pública, uma moção que defende o fim da exploração de transporte ferroviário pela Fertagus e a integração do serviço na CP - Comboios de Portugal, informou o município. 
"A autarquia insta o Governo a adotar as medidas necessárias para integrar na CP o serviço de transporte público de passageiros atualmente prestado pela Fertagus", referiu o município em comunicado. A Fertagus assegura a ligação ferroviária entre o distrito de Setúbal e Lisboa, atravessando a Ponte 25 de Abril, num percurso de 57 minutos entre Setúbal e Roma-Areeiro. 
O executivo comunista da Câmara de Setúbal defendeu que este serviço "pode e deve ser gerido pelo operador público de transporte ferroviário", acrescentando que, com o fim do contrato de concessão à Fertagus em 2019, "está aberta uma oportunidade para o fazer". 
Em Junho, a Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul criou um manifesto em que exige o fim da parceria público-privada com a Fertagus. A Câmara de Setúbal subscreveu agora este documento, tendo em conta a "defesa do interesse público e de transportes de qualidade" para os habitantes da península de Setúbal. 
O manifesto em causa defende que, através da integração da empresa privada na CP, o Estado passaria a beneficiar das receitas em vez da Fertagus - que utiliza comboios, linhas e estações ferroviárias públicas -, os utilizadores teriam tarifas mais reduzidas e os trabalhadores melhoravam os seus direitos e qualidade de vida. 
O documento reúne o apoio de mais de 200 entidades, entre as quais as Câmaras do Seixal, Palmela, Moita e Sesimbra. O manifesto foi entregue, em 17 de Julho, na residência oficial do primeiro-ministro, António Costa, ao vice-presidente da Assembleia da República Jorge Lacão e aos grupos parlamentares. Na ocasião, um dos membros da comissão, Marco Sargento, disse à agência Lusa que "o Governo assumiu estar a analisar este assunto", mas ainda não tinha "uma decisão tomada".

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010