Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Festa da Flor decorre em Setúbal a partir de sexta-feira

Certame sadino floresce na Praça de Bocage

Exposições, instalações artísticas, ateliers, demonstrações de culinária e animações infantis compõem o programa da terceira Festa da Flor, que decorre entre os dias 21 e 22 de Setembro, em Setúbal, na Praça de Bocage e na Casa da Cultura. A iniciativa, apresentada oficialmente, nos Paços do Concelho, organizada pela Câmara de Setúbal, constitui-se como um certame dedicado ao universo da flor, com quase três dezenas de expositores a mostrarem ao público alguns dos mais belos espécimes florais existentes no país. A presidente da autarquia, Maria das Dores Meira, salientou que o evento conjuga de forma harmoniosa as dimensões ambiental e económica, sendo esta uma festa que “sublinha os benefícios ambientais e sociais da relação com a natureza, mas que também dá a conhecer as muitas atividades e produtos que nos proporciona o universo da flor”. 
Festa da Flor volta à Praça 

A autarca destacou que a iniciativa tem também o mérito de “incutir o gosto pelo cuidado com o espaço público e as zonas verdes, pela criação de pequenos espaços verdes domésticos”.
Durante os dois dias do certame, este ano dedicado ao tema “Num Mar de Flores”, a Praça de Bocage é o campo privilegiado que recebe “O Mundo da Flor”, exposição, mostra e venda de produtos e serviços relacionados com o universo floral.
Esta atividade está aberta ao público das 10 às 19 horas na sexta-feira, dia 21, encerrando às 20 horas no sábado, dia 22.
Em paralelo, na Praça de Bocage, em ambos os dias, voluntários podem construir uma mandala floral. O público pode, também, apreciar a instalação artística “Mar de Flores”, da autoria de Isabel Castan, e os mais pequenos têm a oportunidade de participar, das 10 às 13 e das 14 às 19 horas, nas atividades propostas para o espaço infantil, onde decorrem sessões de pinturas faciais, modelagem de balões e jogos didáticos.
Tó Romano, que impulsionou a origem da Festa da Flor, através do movimento Eva Dream, agradeceu, na apresentação oficial do certame, “a forma entusiasmante como a Câmara abraçou este projeto há três anos”.
Sobre o evento, ao qual também se associa a acordeonista, cantora a compositora setubalense Celina da Piedade, Tó Romano está convicto de que, “cada vez mais, se verá varandas e vivendas floridas em Setúbal”, acreditando que, se a cidade e o país “ficarem mais floridos”, isso “será certamente registado até no estrangeiro”.
Mais-valia da Festa da Flor à qual Maria das Dores Meira acrescentou, ainda, ser um contributo “para a sensibilização de todos para a necessidade de preservar os espaços verdes que são pertença coletiva”.
Celina da Piedade é uma admiradora confessa do universo floral, ao ponto de ter “um disco inteiro inspirado em ervas aromáticas”.
A artista observou, ainda, o desenvolvimento que se tem verificado nos últimos anos em Setúbal e traçou um paralelismo dessa evolução com a realização de um evento com estas características.
“Só quando há paz e tranquilidade é que as pessoas encontram espírito para se dedicarem e cuidar das suas flores e é isso que começa a acontecer, cada vez mais, em Setúbal”.

Destaques do programa 
O programa do certame contempla, nos dois dias, uma exposição da Câmara de Viana do Castelo intitulada “Viana Florida”, dedicada à temática da flor naquela cidade minhota, que fica patente nas arcadas dos Paços do Concelho.
A Festa da Flor inclui, na sexta-feira, às 10 horas, no Pátio do Dimas da Casa da Cultura, o atelier de impressão com energia solar de plantas autóctones em sacos ecológicos, numa atividade desenvolvida pela Associação Flor de Murta.
Na Praça de Bocage, com início às 11 horas, o chef Hélio Loureiro e a empresa Gertal fazem uma demonstração de cozinha ao vivo dedicada ao tema “As flores e as plantas na gastronomia”.
Ao início da tarde, às 14 horas, no Espaço das Artes da Casa da Cultura, decorre o atelier “Flores em Materiais Reciclados”, conduzido pela Artiset – Associação de Artistas Plásticos de Setúbal.
O Pátio do Dimas recebe, uma hora depois, às 15 horas, novo atelier de impressão solar de plantas autóctones, pela Associação Flor de Murta, e, ainda no dia 21, sexta-feira, mas às 15h30, na Praça de Bocage, Hélio Loureiro repete o showcooking realizado durante a manhã.
A 22, sábado, a Flower Trupe faz animação de rua na Baixa de Setúbal das 10 às 13 e das 15 às 19 horas.
A Flor de Murta realiza novos ateliers de impressão de plantas autóctones, sempre no Pátio do Dimas, às 11 e às 15h30, enquanto a Artiset regressa, às 10 da manhã, ao Espaço das Artes, com o atelier “Flores em Materiais Reciclados”.
O showcooking “As flores e as plantas na gastronomia” realiza-se também no sábado, às 11 e às 16 horas na Praça de Bocage.
A Apiset – Associação de Apicultores da Península de Setúbal promove o atelier “A Vida das Abelhas”, às 11h30 do dia 22, no pátio interior dos Paços do Concelho.
O programa reserva ainda para sábado, às 16h45, o atelier de arranjos com flores, conduzido pela Flor Formosa.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010