Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Autarquia aprova tomada de posição pelo hospital no Seixal

Governo deve tratar esta matéria de forma urgente 

A Câmara do Seixal aprovou, entre outros pontos, diversos contratos-programa e comparticipações financeiras e a tomada de posição “O hospital no Seixal tem mesmo de avançar!”. Durante a reunião foram aprovados diversos protocolos, contratos-programa e comparticipações financeiras, no valor total de cerca de 338 mil euros, a coletividades e associações do movimento associativo do concelho, nas diversas áreas de atuação, o que permitirá qualificar os seus equipamentos, potenciando também o desenvolvimento da sua atividade em prol da população. Destaque para a aprovação dos contratos-programa, com a respetiva comparticipação financeira, para apoiar os projetos e programas de continuidade, no ano de 2018, do movimento associativo cultural do concelho.
Seixal quer rapidez na construção do hospital 

Foi ainda deliberada a aprovação da abertura do concurso público para fornecimento de refeições em refeitórios escolares do 1º ciclo e jardins de infância da rede pública do concelho, com um valor base de cerca de  um milhão 696 mil e 500 euros.
Sobre este ponto, Jorge Gonçalves, vice-presidente da Câmara do Seixal, afirmou que “apesar de não ter qualquer apoio do Ministério da Educação, a autarquia assume a comparticipação das refeições dos alunos que frequentam o ensino pré-escolar e 1º ciclo do ensino básico da rede pública, durante o período de atividades extracurriculares, nos meses de Julho e primeira quinzena de Setembro”.
Durante a reunião de câmara foi aprovada a tomada de posição “O hospital no Seixal tem mesmo de avançar!”
No dia 29 de Junho, foi assinada uma adenda ao Acordo Estratégico de Colaboração para o Lançamento do Hospital no Seixal, entre a Câmara Municipal e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, onde se concluíram todos os procedimentos necessários para a abertura do concurso público internacional para os projetos do futuro hospital.
Não obstante as preocupações da autarquia referentes a este projeto, e tendo em consideração a importância da construção urgente deste equipamento essencial para o reforço dos cuidados de saúde prestados à população, considera o município que a assinatura desta adenda "configura mais um passo no longo caminho de construção do hospital no Seixal e, por isso mesmo, é valorizada. O que não significa que não se continue a lutar para que o hospital no Seixal corresponda aquilo que foi estudado e projetado em 2002, por ser esse o modelo que melhor serve as necessidades das populações do concelho e da península de Setúbal", realça a tomada de posição.
Neste sentido, a autarquia reafirma a "necessidade urgente de construção do hospital no Seixal e exorta o Governo a tratar esta matéria de forma urgente, prioritária e participada, já com uma visão de futuro, de expansão, tendo em conta as necessidades já identificadas".
Sobre este tema, Jorge Gonçalves, vice-presidente da autarquia, “saúda a população e as comissões de utentes pelas constantes ações de luta e de reivindicação no sentido da construção do hospital no Seixal”, reforçando que “vale a pena lutar!”

Agência de Notícias com Câmara do Seixal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010