Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Alcochete adere ao movimento Cidades Educadoras

Adesão representa um passo no trabalho que tem sido desenvolvido na área da educação

A Câmara de Alcochete aprovou, por unanimidade, na sessão de câmara descentralizada em Samouco, a adesão do Município de Alcochete à Associação Internacional das Cidades Educadoras. Tornando-se um município aderente desta Associação fundada em 1994 e sem fins lucrativos, Alcochete poderá beneficiar, entre outros aspetos, de "certificação de trabalho desenvolvido na área educativa, trabalho em rede, participação em congressos e eventos nacionais e internacionais, assim como ser concelho anfitrião de congressos nacionais", diz a autarquia em comunicado. 
Autarquia aprovou candidatura ao movimento 

Por outro lado, esta associação permitirá ainda tomar conhecimento de novas realidades e experiências através do Banco Internacional de Documentos das Cidades Educadoras, uma base de dados que congrega as experiências educativas de todas as cidades aderentes à Associação, permitindo um intercâmbio de informação que é também uma importante ferramenta de trabalho no que respeita a políticas educativas.
Mediante o pagamento de uma quota anual, no valor de 220 euros, o Município de Alcochete torna-se aderente desta Associação, o que permitirá também ao mesmo candidatar boas práticas ou experiências inovadoras que sejam mensuráveis e que possam contribuir para a qualidade de vida da comunidade local.
Em sessão de Câmara, a proposta foi apresentada pela vereadora da Educação, Fátima Soares, que apresentou os objetivos e os benefícios desta adesão para o município de Alcochete. O presidente da Câmara enalteceu esta adesão que representa mais um passo no trabalho que tem sido desenvolvido na área da educação.
“A preocupação que temos tido com a educação é premente, é para continuar e a possibilidade de podermos aderir a um projeto desta natureza é uma honra” afirmou Fernando Pinto, destacando ainda que esta adesão é mais uma ação que vai complementar as ações e os apoios concedidos nesta área de intervenção.
A Associação Internacional das Cidades Educadoras surgiu na sequência do movimento das Cidades Educadoras que se realizou em Barcelona, em 1990, com a realização do primeiro congresso internacional que levou as cidades participantes a trabalhar em projetos e atividades de acordo com os princípios inscritos na Carta das Cidades Educadoras.
Em Portugal, e por inerência a esta adesão, os municípios portugueses membros da Associação Internacional das Cidades Educadoras integram ainda a Rede Territorial Portuguesa das Cidades Portuguesas.
A adesão do município de Alcochete à Associação Internacional das Cidades Educadoras seguirá para deliberação em assembleia municipal.

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010