Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 22 de maio de 2018

Quatro mil embelezaram concelho de Setúbal

"O nosso concelho ficou muito mais bonito com a ajuda de todos!" 

Perto de quatro mil voluntários, de todas as idades, participaram, nos dias 18, 19 e 20 de Maio, na oitava edição do Setúbal Mais Bonita, que, este ano, desenvolveu perto de duas centenas de intervenções de requalificação urbana em todo o concelho. “O Setúbal Mais Bonita está a produzir frutos. As pessoas já sabem que nesta altura se realiza a campanha e enviam propostas que são cada vez mais diversificadas, até do ponto de vista cultural e artístico. É também por isto que Setúbal está cada vez mais bonita”, sublinha a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, ao observar o mural que um grupo de jovens pintou na Praceta Francisco Finuras. A autarca conta que foi uma jovem de Oeiras, com amigos em Setúbal, quem apresentou o projeto que dá mais cor e nova vida à Praceta Francisco Finuras.
Acão de voluntariado deixa ruas e bairros mais bonitos  

“São projetos artísticos como este que nos deixam muito contentes, porque não se trata apenas de pintar muros para que os gatafunhos desapareçam. Criamos também obras de arte pública e damos a oportunidade aos jovens para desenvolverem a sua arte, motivados pela transformação da cidade”.
Há oito anos a embelezar o concelho, o Setúbal Mais Bonita começa sempre pelas escolas, sendo que no dia 18 mais de três mil pessoas, entre crianças e adultos, desenvolveram ações de beneficiação em perto de duas dezenas de estabelecimentos de ensino.
Os dias 19 e 20 foram dedicados ao desenvolvimento de cerca de uma centena e meia de ações de reabilitação urbana em diversos locais, como a pintura de fachadas e a recuperação de espaços e mobiliário públicos, propostas por juntas de freguesia, coletividades, grupos de artistas e munícipes a nível individual.
O anfiteatro de Vendas de Azeitão já necessitava de uma pintura. Por isso, a presidente da Junta de Freguesia de Azeitão, Celestina Neves, apresentou a proposta que mobilizou cerca de uma dezena de voluntários no dia 19.
Enquanto a autarca varre o chão, devido à sujidade acumulada pela raspagem das paredes, tarefa necessária para as preparar para a pintura, Valdemar Simões e Aquilino Rafael, pintores de profissão, dão a primeira demão e ensinam alguns truques aos mais novos.
“Ao colocarmos a trincha desta forma não pintamos o chão. Foram os pintores que nos deram esta dica”, contam as jovens Catarina, a participar pela primeira vez, e Maria, já “veterana” no Setúbal Mais Bonita, ambas com 17 anos.
O anfiteatro e o palco estão cada vez mais brancos e “já parecem novos”, congratula-se Celestina Neves. No entanto, Aquilino Rafael assegura que “ainda tem de levar mais uma demão” para o trabalho ficar bem feito.
Aquilino e Valdemar ofereceram-se, mais uma vez, para contribuírem para a comunidade e deixarem o local onde residem mais bonito. “É uma iniciativa muito positiva e todos devíamos fazer parte dela. Estamos sempre disponíveis para participar”.
Noutro local da freguesia, na Casa do Povo de Azeitão, em Vila Nogueira, um grupo de quatro voluntários, três funcionárias e o pai de uma utente da valência de creche, dá nova imagem à varanda e às arcadas da instituição.
Irene Carvalho, diretora técnica da instituição, teme que os oitenta litros de tinta branca e os quarenta de amarela não cheguem para terminar a tarefa. “O edifício é muito antigo. Há muitos anos que não era pintado e estava muito degradado. Por isso, está a absorver muita tinta”.
As pequenas Marta, 5 anos, e Maria, 3, filhas de Andreia, educadora da creche da Casa do Povo de Azeitão, observam os adultos a trabalhar e pedem para ajudar.
Marta já arranjou material e começa a pintar muito compenetrada, mas Maria não encontra nenhum pincel. “Mãe, quero pintar”, diz, impaciente. “Então vai buscar um pincel pequeno à sala da mãe”, ordena Andreia.
Maria corre e surge contente com um pincel que tenta molhar no primeiro balde que encontra, mas a irmã não concorda. “Nesse balde não, é muito grande. Tem de ser neste mais pequenino”.
Maria não quer saber e corre de um lado para o outro, divertida, a ir buscar tinta para pintar a parede “nos sítios onde está mais escuro, que é onde falta a tinta”, indica a mãe.
Em Azeitão, o Setúbal Mais Bonita contempla outras ações de reabilitação urbana, como a pintura de um mural alusivo a Baden Powell, nas instalações do Grupo 231 – Escuteiros de Azeitão, e a pintura das fachadas do Grupo Musical e Desportivo União e Progresso.

Crianças e jovens trabalharam para uma cidade mais bonita 
A participação das crianças e dos jovens é transversal a todas as iniciativas do Setúbal Mais Bonita, como é o caso da pintura do muro e do mobiliário urbano nas Hortas Urbanas de Setúbal, no Bairro das Amoreiras.
Os amigos Simão e Francisco, de 11 anos, juntamente com Angélica, 9, Filipe, 14, e Vítor Hugo, 16, entre outros, ajudam a pintar de várias cores o muro que depois vai receber vários desenhos relacionados com a atividade desenvolvida naquele local, como diversas frutas e legumes.
“Simão, acho que esta parte já está”, constata Francisco.
O amigo concorda e pede ajuda para pintar a parte de cima do muro onde ainda não chegou a cor verde. Colocam-se em bicos de pés e dão os últimos retoques. A parede está pronta.
“Fizemos um bom trabalho”, orgulham-se, mas pedem uma segunda opinião. “O que achas, mãe”, pergunta Simão. “Está ótimo”, responde Tânia.
Hugo Castilho, membro da Artiset – Associação de Artistas Plásticos de Setúbal, que desenvolveu o projeto juntamente com a colega Cecília Gomes, organiza os mais de vinte voluntários e as tarefas.
“Hugo, onde é que pinto de verde?”, questiona Glória Cruz. “Pode ir para aquela zona”, aponta.
Noutro local da União das Freguesias de Setúbal, na Estrada de Palmela, na zona da Urbisado, são também os jovens a maioria dos voluntários que participam na reabilitação das escadarias da Horta do Marco e do Rio da Figueira.
Ana Rita, Inês Ferreira, Raquel Carmo, Margarida Ribeiro, Lourenço Ramos, André Salgado, Inês Sousa, Catarina Silva e Joana Neves, com idades entre os 14 e os 17 anos, pertencem ao grupo de voluntariado “Querer Mais”, da Escola Secundária de Bocage, que costuma participar em várias iniciativas na cidade.
Divertidos, mas empenhados, pintam as escadas e o corrimão, uma tarefa que consideram fácil, até porque, em equipa e com boa disposição tudo corre bem, garantem.
António Marques e João Gomes, da empresa Lidl, que mobilizou um grupo de dez voluntários provenientes de Sacavém, Vendas Novas, Moita e Pegões, orientam os jovens e a restante a equipa que trabalha nesta zona da cidade.

“Setúbal, Ambiente e Cidadania”
Mais de quatro mil pessoas juntaram-se em Setúbal 
O espelho das escadas e o corrimão do Rio da Figueira já estão concluídos e é altura de passar para a escadaria da Horta do Marco, assim que os funcionários da União das Freguesias de Setúbal terminarem a limpeza.
Mas António ainda não está satisfeito com o trabalho na escadaria do Rio da Figueira. “Faltam ali alguns retoques de amarelo”, aponta António, enquanto João encaminha a maior parte do grupo para a escadaria do lado.
A chegada da presidente da Câmara, acompanhada de outros membros do Executivo municipal, anima o grupo que ouve elogios ao trabalho desenvolvido nas últimas horas.
“Parabéns! As escadas estão a ficar muito engraçadas”, afirma Maria das Dores Meira.
Na União das Freguesias de Setúbal “há muito trabalho de preparação que foi feito nos últimos dias para as várias ações propostas pelos moradores”, sublinha o presidente da junta, Rui Canas.
São de destacar outras intervenções na freguesia, como a pintura de um mural e a limpeza de canteiros nas Colinas São Francisco Xavier, a pintura de um muro no Casal das Figueiras e de vários túneis, além de várias intervenções de reabilitação no Centro Comunitário da Aldeia Grande.
A manhã já vai longa. Por isso, na Rua do Poço das Fontainhas, na freguesia de São Sebastião, o cheiro a peixe assado lembra que são quase horas de almoço. No entanto, os moradores e o grupo de graffiters Explicit Citizens ainda fazem os últimos preparativos para que à tarde todos possam começar a pintar dois enormes murais.
David Martins, Filipe Serralho e João Murta são os artistas que conceberam o projeto que promete dar nova vida ao Poço das Fontainhas.
O tema, proposto pelos moradores organizados no grupo “Setúbal, Ambiente e Cidadania”, é o mar. Logo, os desenhos representam a fauna do rio Sado.
“Como esta é uma zona piscatória e com muitos restaurantes, achámos por bem desenhar um carapau e um choco”, explicam os artistas.
Nesta zona da freguesia, além da pintura dos murais, os moradores procedem à limpeza de ervas e recolha de lixo, bem como à pintura das letras das placas toponímicas.
“Já tinha pensado nisto noutras edições do Setúbal Mais Bonita, pois existem várias placas espalhadas pela cidade em que já não se consegue ler os nomes das ruas”, explica Cristina, enquanto pinta de preto as letras do Beco da Praia.

“Mariscar sem Lixo”
Na freguesia de São Sebastião, há também pinturas a decorrer nos campos de futebol dos Amarelos e da Cova da Canastra e nos campos de jogos da União Futebol Comércio e Indústria e dos Ídolos da Praça, além da pintura da fachada da delegação de Setúbal da Cruz Vermelha Portuguesa e arranjo de espaços verdes no interior.
Noutro local do concelho, na freguesia do Sado, cinco dezenas de voluntários de todas as idades, mobilizados pela associação Ocean Alive, dedicam a manhã de dia 20 a uma ação de limpeza na Praia da Graça.
A iniciativa, inserida na campanha “Mariscar sem Lixo”, da Ocean Alive, tem como objetivo sensibilizar os mariscadores de lingueirão para não abandonarem as embalagens vazias de sal fino que utilizam para capturar o bivalve.
Através desta campanha, que já envolveu mais de dois mil voluntários em dois anos, foram retiradas do Estuário do Sado 41 mil embalagens de sal e 36 toneladas de lixo, dos quais 4,9 toneladas foram encaminhadas para reciclagem
Já na freguesia de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra, um grupo de moradores dedica o dia 20 à limpeza e pintura de canteiros na Avenida Quinta da Amizade, bem como à pintura de uma escadaria.
Também aqui os mais novos querem ajudar e lá vão pintando, ajudados pelos pais e por membros do Executivo municipal, que contribuem para reabilitar a zona.
A campanha Setúbal Mais Bonita, promovida pela Câmara Municipal em parceria com as juntas de freguesia, contou nesta edição, como é usual, com diversos patrocínios, nomeadamente ao abrigo do mecenato, com a Barbot a disponibilizar as tintas a preços especiais.
Outros apoios são provenientes das empresas Refrige, Águas do Sado, EDP, Pingo Doce, Jumbo Setúbal e TST, enquanto os jornais Setúbal Mais e SemMais Jornal deram um contributo especial na divulgação do projeto.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010