Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 10 de abril de 2018

Parque urbano e pavilhão dão nova vida à Mundet no Seixal

Mata da Mundet vai ser parque de lazer e ter pavilhão de hóquei em patins 

No último sábado, dia 7 de Abril, numa sessão do Fórum Seixal que decorreu no polidesportivo da Mundet foram apresentados e debatidos os projetos do Parque Urbano do Seixal e do Pavilhão Desportivo da Mundet que vão revitalizar aquele espaço emblemático do concelho. Com uma área de implementação de 5,3 ha, o Parque Urbano do Seixal constituirá um local de grande relevância na melhoria do ambiente urbano e da qualidade de vida da população. Localizado no Alto D’Ana, irá "integrar o núcleo museológico da Mundet, formando um espaço de lazer e usufruto da paisagem, com áreas de recreio, passeio, miradouros e pontos de observação da fauna e da flora", explica a Câmara do Seixal.
Mundet vai ganhar parque urbano e pavilhão 

A Câmara do Seixal apresentou o futuro Parque Urbano do Seixal aos munícipes. A área de lazer vai abranger 5,3 hectares no Alto D’Ana, com vista para a baía e com ligação ao passeio ribeirinho. O objetivo é criar um espaço com várias valências e acessível a todos, numa forma de ‘devolver’ a antiga fábrica da cortiça da Mundet aos Seixalenses.
"Penso que até 2023 teremos tudo concretizado, tornando toda a Mundet num espaço vivo, de lazer, desporto, cultura e património, tendo em conta a visão de cerca de há 20 anos, altura em que a Câmara do Seixal adquiriu a antiga fábrica de cortiça", diz o presidente da autarquia, Joaquim Santos, que sublinhou ainda que "ao lado vai ser um hotel que também queremos que seja diferente, ligado também à história da fábrica".
Para já, o espaço reúne um pavilhão polidesportivo, o Ecomuseu Municipal do Seixal, o restaurante Mundet Factory e a Escola de Música do Conservatório Nacional – Pólo do Seixal.
Numa sessão concorrida, autarcas e técnicos municipais apresentaram a sua visão e os projetos para aqueles espaços e os munícipes tiveram oportunidade para colocar questões e ver esclarecidas as suas dúvidas sobre as obras que prometem dar nova vida à área da antiga fábrica corticeira.
O Parque Urbano do Seixal vai corresponder a uma área de intervenção que ultrapassa os cinco hectares, integrados no Programa de Requalificação da Mundet. Encontra-se numa zona de cabeço naturalizada sobre o Seixal e representa um papel relevante na estrutura verde e de recreio do concelho.
Segundo a autarquia, o parque será constituído por uma praça em saibro, anfiteatro e bacia natural, pomar e olival (a recuperar), zona de mesas, bosque de sobreiros e carvalhos, clareiras com prado regado, miradouros, pequenas zonas de estadia em cortiça, rampa em madeira, caminhos primários em saibro e caminhos secundários em estilha.

Pavilhão terá o nome de Leonel Fernandes
O Pavilhão Desportivo da Mundet integra-se no processo de revitalização do espaço da antiga fábrica e tira proveito de um dos seus edifícios originais. Estará vocacionado para a prática do hóquei em patins e permitirá dinamizar a prática desportiva no Seixal.
Nesta sessão do Fórum Seixal ficou a saber-se que o equipamento receberá o nome de Leonel Fernandes, antiga glória do hóquei em patins seixalense, várias vezes campeão nacional e europeu e que marcou presença no lançamento da primeira pedra.
José Carlos Gomes, vereador do Desporto, Empreitadas, Administração Geral e Modernização Administrativa, definiu a Mundet como um “espaço mítico, dos mais bonitos e com identidade”, lembrando que a fábrica teve milhares de trabalhadores.
A obra tem um prazo de execução de 270 dias e um valor de 331 mil euros, acrescido de IVA.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010