Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 2 de março de 2018

Palmela dedicou semana de trabalho a Pinhal Novo

Autarquia anuncia abertura do Núcleo Museológico do Ferroviário

A Câmara de Palmela concluiu mais uma semana de trabalho descentralizado, desta vez - depois da Marateca - dedicado à freguesia de Pinhal Novo. Ao longo de cinco dias, estreitaram-se laços com instituições locais, com o tecido económico, com o movimento associativo, com a comunidade educativa. Ouviu-se as populações, que partilharam preocupações e problemas, e prestou-se contas sobre o trabalho realizado desde o ano passado, apresentando, também, intervenções e projetos em curso ou a implementar em breve. 

Visita dos autarcas passou também pela zona rural da freguesia 

Com 56 quilómetros quadrados de extensão e mais de 25 mil habitantes, o Pinhal Novo é um centro urbano dinâmico e em expansão, com um ritmo muito próprio e, de certa forma, curioso, ao conjugar os recursos e comodidades das metrópoles com a preservação da sua cultura, assente numa vivência comunitária. A realização de mais uma edição do Mercado Caramelo, em Maio, e das Festas Populares, em Junho, são momentos altos desta exaltação popular das suas raízes, e, também este ano, conta-se inaugurar o Núcleo Museológico do Ferroviário, que irá valorizar, ainda mais, a tradição ferroviária de Pinhal Novo.
A reabilitação urbana dos bairros mais antigos e das novas urbanizações que, por força da falência dos promotores e da crise económica que se fez (e faz, ainda) sentir, ficaram com espaços exteriores por concluir. "Esta é uma das prioridades do município para o atual mandato, na continuidade de um esforço que começou, já, há alguns anos e começa a dar frutos", diz a autarquia em comunicado.
No programa desta semana, foi contemplada a visita a intervenções já concluídas, como os espaços exteriores da Urbanização Quinta de Matos, e apresentaram-se projetos, que pretendem deixar o Pinhal Novo "ainda mais equilibrado e bonito", sublinha Álvaro Amaro, presidente da autarquia.
Este é um esforço, diz o presidente, "que tem que contar, também, com a participação dos proprietários, na reabilitação do seu edificado".
O município tem em curso uma campanha para reabilitação de imóveis e promoção do arrendamento jovem, com benefícios fiscais e reduções ou isenções de taxas municipais. "As propostas de Operação de Reabilitação Urbana para o Centro Histórico de Palmela e para a denominada Área de Reabilitação Urbana de Pinhal Novo deverão estar em consulta pública entre Março e Abril, altura em que será aprofundado o debate sobre este desafio, que virá, certamente, qualificar a imagem urbana do concelho", explica a Câmara de Palmela.

Agência de Notícias com Câmara de Palmela



0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010