Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Quatro detidos por roubos contra idosos em Pinhal Novo

Diziam estar a vender roupa, pediam água a idosos e assaltavam-nos em casa

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, em Rio Frio, na periferia dos concelhos de Alcochete e Palmela,  quatro pessoas - dois homens e duas mulheres - suspeitas de roubo contra idosos, avança a GNR através de um comunicado. Os roubos, um dos quais com recurso a arma de fogo, ocorreram na semana passada, em Penalva e Pinhal Novo. Nas duas situações, detalha a autoridade responsável pela detenção, os suspeitos abordaram dois casais de idosos simulando estarem a vender roupa. Em conversa pediam para beber água e irem à casa de banho, aproveitando a ingenuidade das vítimas para lhes roubarem os bens que encontrassem nas casas. Os suspeitos estão referenciados em mais nove roubos, com o mesmo modo de atuação, e duas tentativas, no distrito de Setúbal.
GNR trava gang que assaltava e ameaçava idosos 


A forma de ganhar a confiança das vítimas era sempre a mesma. Os dois casais cruzavam-se com os idosos (de idade igual ou superior a 80 anos) na rua e diziam-lhes que queriam vender roupa. Se conseguissem que as pessoas os conduzissem às respetivas casas agrediam-nas e ameaçavam-nas com arma de fogo, levando tudo o que pudessem. 
Terão feito, escreve o jornal Correio da Manhã, nove roubos do género no último mês, em vários pontos do distrito de Setúbal. Foram travados por uma patrulha da GNR do Pinhal Novo, no último sábado de manhã, em Rio Frio. 
Um casal de idosos residente no Pinhal Novo (ela de 81 anos; ele de 88), as últimas vítimas conhecidas do gang, apresentou queixa rápida após terem sido agredidos e sequestrados na própria casa. O grupo tinha abordado a mulher na rua, mostrando-se interessado em comprar uma casa da idosa. A mesma aceitou levá-los a ver a casa, onde acabou atacada com o marido. 
Fugiram com diversos bens, entre os quais uma réplica de arma de fogo. Horas antes, em Santo António da Charneca, Barreiro, os dois casais já tinham feito um roubo parecido. Desta feita, bateram à porta da vítima, uma mulher, e pediram para beber água e ir à casa de banho. 
Após as detenções, os militares da GNR encontraram na posse dos dois casais a réplica de arma de fogo, oito garrafas de vinho, um carro, 117 euros, sete relógios e várias ferramentas e produtos de higiene. Duas mulheres e um homem aguardam julgamento na cadeia e o outro homem está agora sujeito a apresentações à polícia.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010