Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Cartões clonados em Sesimbra renderam 20 mil euros

Três suspeitos de fraude com cartões bancários clonados

A Polícia Judiciária de Setúbal anunciou a detenção de três homens suspeitos de burla informática e clonagem de cartões bancários, que lhes permitiu fazerem 320 transações fraudulentas e apropriarem-se de uma quantia superior a 20 mil euros. Segundo um comunicado da PJ, os três arguidos, de idades compreendidas entre os 37 e os 41 anos, foram detidos quando tentavam fazer um levantamento numa caixa multibanco no Montijo. No âmbito da operação policial, foi identificado um quarto individuo, que foi constituído arguido.

Suspeitos filmavam levantamentos em Sesimbra 

O "modus operandi "dos detidos consistiu em colocar numa caixa multibanco (ATM), em Sesimbra, um dispositivo que lhes permitiu copiar elementos de segurança de 116 cartões bancários, cujas cópias contrafeitas foram utilizadas num total de 320 transações, de valor que ascende a 43 mil 570 euros. Foram concretizadas 153 dessas transações. O grupo ter-se-à apropriado de 20 mil 440 euros, através de levantamentos em Évora, Montemor-o-Novo, Vendas Novas, Sines, Santiago Cacém, Ferreira do Alentejo e Beja.
A polícia esclareceu que as três detenções resultaram de uma a investigação de carater transnacional iniciada em 2015, com o nome de código "Operação Relâmpago" e que contou com a colaboração da SIBS/PAYWATCH.
A investigação - acrescenta o comunicado - permitiu "desmantelar uma rede organizada com carácter transnacional dirigida à prática deste tipo de crime" e apreender "diverso material informático e ferramentas, viaturas, centenas de cartões, diversos telemóveis, comprovativos de transferências efetuadas através da Western Union e elementos indiciadores de idênticas práticas no estrangeiro".
Os três detidos, que estão indiciados pelos crimes de burla informática e contrafação de títulos equiparados a moeda, já foram presentes às autoridades judiciárias, tendo-lhes sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

Agência de Notícias


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010