Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Miguel Sanches será o novo director-geral da Autoeuropa

Miguel Sanches substitui António de Melo Pires na liderança da Autoeuropa

O engenheiro Miguel Sanches  vai assumir a liderança da Autoeuropa, em Palmela, nos primeiros meses de 2016, substituindo no cargo o atual diretor-geral, António de Melo Pires, confirmou hoje à Lusa fonte da Comissão de Trabalhadores. O engenheiro de 47 anos substituirá António de Melo Pires no cargo. No currículo conta já com experiência na fábrica de Palmela e uma passagem pelo México, onde assumiu responsabilidades como vice-presidente para a produção e logística na fábrica da Volkswagen em Puebla. Licenciado em engenharia de materiais, Miguel Sanches entrou para a Autoeuropa em 1993, onde viria a assumir o cargo de diretor-geral de produção em 2009.  À frente da maior fábrica de carros nacional, Miguel Sanches terá como principais desafios a manutenção do emprego, a implementação do investimento em curso e o lançamento de um ou mais modelos.
Novo director-geral começa a trabalhar no início do ano 

Está escolhido o sucessor de António de Melo Pires como director-geral da Autoeuropa. A escolha recaiu sobre Miguel Sanches, avançou a agência Lusa esta quinta-feira, 10 de Dezembro.
A informação sobre o novo líder da unidade industrial foi revelada pela administração aos trabalhadores esta quarta-feira, 9 de Dezembro, disse o representante da comissão de trabalhadores, António Chora.
O líder da comissão de trabalhadores da fábrica de Palmela  diz-se "mais descansado" com esta escolha" do engenheiro português de 47 anos. "É alguém com quem já trabalhámos muitos anos", justifica. O facto de falar a mesma língua é outro dos elementos em destaque.
Miguel Sanches deverá assumir o cargo no primeiro trimestre de 2016. Licenciado em engenharia de materiais, entrou para a Autoeuropa em 1993, assumindo o cargo de director-geral de produção em 2009, onde foi responsável pelo arranque da produção dos modelos Scirocco, Sharan e EOS. Após 18 anos em Palmela, entre 1993 e 2011, Miguel Sanches foi destacado para o México, para assumir a liderança da área de produção e logística.
Melo Pires, que liderou a Autoeuropa durante cinco anos, assumirá a direcção de produção na região da América do Sul, controlando as fábricas que o grupo alemão tem na Argentina e no Brasil.
A entrada de Miguel Sanches coincide com um novo ciclo produtivo em Palmela. O grupo Volkswagen tem agendado um investimento de 677 milhões de euros naquela unidade, dotando-a de tecnologia para a produção de novos modelos.
A Autoeuropa vai produzir um SUV de médio porte, um novo modelo que vai nascer a partir das linhas montagem da fábrica de Palmela, noticiou a TVI no início deste mês.
De acordo com o canal privado, este novo modelo será comercializado no mercado europeu e trata-se de um modelo destinado a uma grande faixa de mercado, o que não acontece com outros modelos produzidos em Palmela como a Sharan, Eos Scirocco.
Com esta aposta, e de acordo com a TVI, a fábrica de Palmela deverá, nos próximos anos, passar dos atuais 100 mil para mais de 200 mil carros produzidos por ano.
António Chora alerta ainda para o facto de 2016 ser um "ano de transição". Entre 11 de Dezembro e 20 de Janeiro, a fábrica terá a produção suspensa. O representante da comissão de trabalhadores justifica a paragem com a "redução substancial do volume de produção", na ordem dos 20 por cento para o próximo ano, e com a necessidade de "modernização das linhas".

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010