Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Câmara de Palmela investe na iluminação pública

Iluminação pública mais eficiente e amiga do ambiente

O concelho de Palmela concluiu a substituição de 84 luminárias de iluminação pública, que funcionavam com lâmpadas tradicionais de vapor de sódio, por lâmpadas LED, díodo emissor de luz. Com esta operação, o município “contribuiu para melhorar o conforto e a qualidade da iluminação”, obtendo uma “poupança de cerca de 76 por cento na factura energética, no consumo” e nas “emissões de carbono, com grandes benefícios para o ambiente”, explicou a autarquia de Palmela. A Câmara adianta que está também a estudar o “desligamento selectivo” ou a “redução do fluxo luminoso, em locais onde se verifica iluminação em excesso, nomeadamente, locais desabitados” e com “circulação muito reduzida”. 
Ecopista de Pinhal Novo já tem iluminação LED

O município de Palmela concluiu a substituição de 84 luminárias de iluminação pública, que funcionavam com lâmpadas tradicionais de vapor de sódio, por lâmpadas LED (díodo emissor de luz), "com grande vantagem ambiental e económica", informou a Câmara de Palmela em comunicado ao ADN.
Com esta operação, o município contribuiu para "melhorar o conforto e a qualidade da iluminação, obtendo uma poupança de cerca de 76 por cento na fatura energética, no consumo e nas emissões de carbono, com grandes benefícios para o ambiente".
Além das vantagens ambientais e financeiras, os LED trazem outros ganhos de eficiência, uma vez que permitem reduzir os custos de manutenção, por terem um tempo de vida mais prolongado do que as lâmpadas de vapor de sódio, que têm sido amplamente usadas para Iluminação Pública. 
"Se toda a iluminação pública fosse constituída por luminárias LED, a fatura energética anual poderia descer mais de meio milhão de euros, pelo que a autarquia tem insistido com a concessionária EDP no sentido da modernização das redes e, em particular, da rápida implementação desta solução", realça o pelouro da Iluminação Pública, presidido por Pedro Taleço.
Também com o objetivo de aumentar a sustentabilidade da iluminação pública, a autarquia de Palmela "está a estudar o desligamento seletivo ou a redução do fluxo luminoso em locais onde se verifica iluminação em excesso, nomeadamente, locais desabitados e com circulação muito reduzida". Por outro lado, explica o município, "foi solicitada à EDP a recalibração dos relógios astronómicos junto às escolas, estações ferroviárias e locais de grande comércio, de forma a melhorar o conforto no espaço público, mantendo os ganhos de eficiência que têm vindo a ser conseguidos".
As novas luminárias, adjudicadas pela autarquia e instaladas pela EDP, situam-se no Jardim Sequeira da Costa Paula, em Palmela (10), no Jardim Ferreira da Costa em Poceirão (18) e nos arruamentos Praceta Florbela Espanca, Rua João Posser de Andrade Vilar, Rua Bento de Jesus Caraça, Rua Raul Brandão, Rua Francisco António Bento, Rua dos Lusíadas, Rua Hermenegildo Capelo, Rua Cravos Vermelhos e Rua Jorge de Sena, em Pinhal Novo (56 no total). Recentemente, a autarquia havia, já, instalado 49 luminárias LED ao longo da Ecopista de Pinhal Novo.


0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010