Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Abertura da Lagoa Santo André ao mar

Lagoa de Santo André, em Santiago de Cacém, une-se ao mar na sexta-feira

A abertura artificial ao mar da lagoa de Santo André, no concelho de Santiago de Cacém, é feita na sexta-feira, cumprindo-se uma tradição anual que permite a renovação da água e dos peixes do ecossistema.O processo, com alguns séculos de tradição, esteve outrora entregue à força de pessoas e de animais, mas é já há vários anos feito por máquinas.

A abertura da Lagoa é seguida por centenas de pessoas 

O caminho entre as águas da lagoa de Santo André e o oceano Atlântico começa a ser construído a partir das 16 horas de sexta-feira, divulgou a Câmara de Santiago de Cacém. O processo, com alguns séculos de tradição, esteve outrora entregue à força de pessoas e de animais, mas é já há vários anos feito por máquinas, referiu o município em comunicado. 
Este é o segundo ano em que a abertura da lagoa ao mar está sob a responsabilidade da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), após ter estado a cargo da Câmara de Santiago de Cacém e depois da entidade hoje designada por Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).
De acordo com a Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Alentejo, integrada na APA, a criação de um corredor artificial entre os dois ecossistemas permite a renovação da água e a entrada de peixes juvenis no sistema lagunar, contribuindo também para a continuidade da actividade piscatória no local.
O acontecimento na lagoa, que está classificada como Zona Húmida de Importância Internacional (sítio Ramsar), atrai sempre muitos visitantes à praia da Costa de Santo André. O local está integrado na Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha, criada no inicio deste século que abrange os concelhos de Santiago de Cacém e de Sines, na costa alentejana.
Habitualmente, também está prevista para esta altura a ligação artificial ao mar da lagoa de Melides, no concelho de Grândola. No entanto, devido às características deste ecossistema, a intervenção pode acabar por ser dispensada.
No Verão, quando as temperaturas atingem valores muito elevados durante vários dias seguidos, é possível que tenha de ser feita uma nova abertura das lagoas ao mar, para evitar a morte generalizada dos peixes por falta de oxigenação.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010