Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Setúbal no centro das evacuações de emergência


Corredor aéreo de aeronaves “atravessa” Setúbal

Um trabalho de partilha entre três entidades permite a evacuação, aérea, de doentes urgentes de toda a área Sul do país para unidades hospitalares da Grande Lisboa.

Várias aeronaves de socorro passam por Setúbal 

O significativo aumento do número de evacuações aero-médicas para as unidades hospitalares da área da Grande Lisboa levou a uma passagem, frequente, de helicópteros pelos céus da cidade de Setúbal, já que a mesma é atravessada por um corredor aéreo de aeronaves que fazem a ligação da área sul do país com Lisboa.
O aumento de evacuações é possível graças a uma partilha de recursos entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil, o INEM e a EMA - Empresa de Meios Aéreos, através da qual são disponibilizados os meios aéreos, quer para o transportes de doentes urgentes, quer para operações de busca e resgate.
Aliás, o aumento do tráfego aéreo sobre a cidade é, para José Luís Bucho, responsável da Protecção Civil Municipal, “mais um dos riscos identificados neste concelho” para os quais existem os estudos já anteriormente divulgados.
Segundo o responsável da Protecção Civil de Setúbal, em todas as ligações aéreas existem planos de voo, nos quais “constam os locais para a realização de aterragens de emergência, caso as mesmas se mostrem necessárias”.
No concelho de Setúbal, em concreto, “temos as helipistas devidamente legalizadas e identificadas”, prontas a serem utilizadas a qualquer hora do dia até porque, refere José Luís Bucho, “existem poucos meios aéreos deste tipo que se encontrem equipados com meios que lhes permitam efectuar aterragens de emergência durante a noite”.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010