Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 14 de março de 2016

Autarcas do Montijo visitaram Alto Estanqueiro e Jardia

Executivo municipal prometeram mais investimento na freguesia 

O presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta, e o vice-presidente, Francisco dos Santos, completaram o périplo de visitas às freguesias, no dia 10 de Março, com a visita ao Alto Estanqueiro-Jardia. A repavimentação de algumas ruas do Bairro Miranda, a ciclovia na antiga linha de caminho de ferro estiveram em destaque nas reuniões entre autarcas e população. Os moradores mostraram-se ainda preocupados com a ocupação ilegal de uma propriedade, na Jardia. 
Autarcas  conheceram realidade de Alto Estanqueiro e Jardia
Acompanhados por Luis Morais e Tolentino Gomes, presidente e secretário da União das Freguesias de Atalaia e Alto Estanqueiro-Jardia, respectivamente, os autarcas ficaram a par das ambições e preocupações do executivo da freguesia e visitaram alguns locais da freguesia.
O dia foi marcado ainda por um almoço, seguido de reunião, com representantes associativos do Águias Negras Futebol Clube, do União Futebol Clube Jardiense e da Academia Infantil e Juvenil do Bairro Miranda.
À noite, no edifício da antiga Junta de Freguesia do Alto-Estanqueiro/Jardia, o executivo municipal recebeu a população. Na reunião, o presidente, entre outras questões, reiterou a intenção de proceder à realização, por fases, do passeio pedonal ao longo Bairro da Boa Esperança, assim como à repavimentação, durante o ano corrente, da Estrada da Charnequinha.
Em relação à repavimentação de algumas ruas do Bairro Miranda, Nuno Canta esclareceu que “será a quinta intervenção no bairro. Ainda temos umas certas limitações no orçamento de câmara deste ano, mas estamos a contar que esta situação possa ainda ser objecto de desenvolvimento de procedimento concursal este ano”, disse o autarca.
A ciclovia, por cima do caminho-de-ferro, foi outras das questões abordadas pelo presidente. “É necessário cerca de um milhão de euros para fazer este projeto que ligava Montijo à freguesia e qualificava muito toda esta zona. Este projeto já foi aceite como candidatura a fundos comunitários esperamos, agora, que o processo se desenvolva rapidamente para, quando tivermos a verba, começar o trabalho e o desenvolvimento dessa grande obra”, informou Nuno Canta. Este é um projeto que está a ser preparado em conjunto com a Câmara de Palmela, já que a ciclovia pretende ligar os dois municípios.
Os fregueses mostraram-se preocupados com a ocupação ilegal de uma propriedade, na Jardia. O presidente esclareceu que “este é um assunto de difícil resolução, já encontrámos a proprietário do terreno, entrámos em contacto com o mesmo e notificamos, não só pela construção existente que não está legalizada, mas também porque tem de ser a própria a fazer queixa na GNR, para resolver o problema da ocupação”, concluiu Nuno Canta.


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010