Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Graffiti destroem centro histórico de Setúbal

Pinturas são feitas sobre as montras e comerciantes queixam-se

As principais ruas dos Bairros do Troino e das Fontainhas - dois bairros tradicionais da cidade de Setúbal - tem paredes e fachadas repletas de graffiti, de inscrições e de cartazes colocados abusivamente. 
Comerciantes e moradores de Setúbal contestam o estado de degradação a que chegou o centro da cidade, perante a proliferação de graffiti por toda a parte. A Câmara sadina reconhece a existência do problema mas alega que a degradação das casas impede a sua limpeza. Para um comerciante no bairro das Fontainhas, "a cidade está imunda e em péssimo estado". E considera, este morador, que a degradação não é boa para o turismo. 
Graffitis preocupam moradores de bairros históricos da cidade 


"A Fonte Nova, quando chove, fica dias seguidos com a água parada. Os contentores estão imundos e os bancos para as pessoas se sentarem estão sujos de graffiti, tal como as montras", referiu o comerciante ao jornal Correio da Manhã. 
Também Fátima Rocha, 52 anos, lamenta que não haja uma forma capaz de travar o vandalismo. "Por várias vezes fomos obrigados a pintar a fachada. É feio chegar aqui e ver tudo sujo", referiu. 
O bairro do Troino foi uma das zonas usadas para a captação de imagens da novela ‘Mar Salgado’ e um dos bairros históricos da cidade. Para Fátima Rocha, o que poderia ser um cartão de visita da cidade acaba por ser uma desilusão. "As pessoas chegam aqui à procura dos sítios que viram na novela e o que veem é lixo e sujidade. Saem desanimadas", referiu.
A moradora também considera que os turistas ficam desiludidos com a degradação da cidade. "Os graffiti prejudicam muito. Os turistas, ao verem isto, ficam com uma ideia errada, com uma imagem negativa de como cuidamos da cidade", disse.
Perante o vandalismo é também referida pelos moradores a insegurança existente nos bairros, em particular à noite. A Câmara de Setúbal está atenta a essa situação. Fonte do gabinete de comunicação da autarquia referiu que "a Câmara de Setúbal tem alertado as forças de segurança para estes problemas, com indicações concretas de locais problemáticos"
De acordo com a autarquia setubalense, "o estado de degradação de algumas fachadas não permite que se leve a cabo uma ação de limpeza com técnica de jato de água com sílica. No Bairro do Troino e nas Fontainhas, é necessária  "uma ação de fundo com reparação  e renovação de várias fachadas afetadas", explica a autarquia.


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010