Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Faixa ciclável vai ligar Amora, Arrentela e Seixal

Ponte pedonal em madeira está a ser construída na Baía do Seixal 

Está em curso a construção de uma ponte pedonal em madeira, com 76 metros de extensão, junto à Ponte da Fraternidade, que vai ligar as frentes ribeirinhas de Amora e Arrentela, dando assim continuidade à requalificação das margens da Baía do Seixal,  diz a Câmara do Seixal. A nova ponte integra-se também no plano da Rede Ciclável do Concelho do Seixal, a qual será brevemente aumentada com a construção da faixa ciclável, criando assim um corredor só para bicicletas que liga os núcleos urbanos antigos de Amora, Arrentela e Seixal. 
Baía do Seixal é uma das principais portas de entrada no concelho 

“Trata-se de uma intervenção com reduzido impacto ambiental e alto valor paisagístico, que irá qualificar o acesso rodoviário entre as duas margens da Baía do Seixal. A obra, que se encontra em fase preparatória, com trabalhos de limpeza, montagem de vedações e sinalização, inclui a instalação de passadiços laterais em madeira, que irão assegurar a ligação pedonal e em ciclovia entre as frentes ribeirinhas”, sublinha a autarquia presidida por Joaquim Santos.

Ainda de acordo com o município do Seixal, “serão executadas fundações no local em betão armado e recorrendo a micro estacas, maciços de encabeçamento e vigas de fundação”. A estrutura da ponte é pré-fabricada em madeira lamelada, sendo transportada para o local e instalada com o auxílio de uma grua móvel.

“O planeamento da intervenção foi estabelecido em conformidade com os ciclos de maré e com o Plano de Prevenção e Gestão dos Resíduos de Construção e Demolição e Plano de Gestão Ambiental de Obra”, realça a autarquia.
Nucleos urbanos com faixa ciclável 
A nova ponte integra-se também no plano da Rede Ciclável do Concelho do Seixal, a qual será brevemente aumentada com a construção da faixa ciclável da Baía Nascente – Frente Ribeirinha Seixal/Arrentela e terá 2100 metros. A obra deverá iniciar brevemente, criando assim um corredor só para bicicletas que liga os núcleos urbanos antigos de Amora, Arrentela e Seixal.
"Com esta intervenção pretende-se organizar a zona pedonal, criando melhores condições de segurança para os peões e para os ciclistas que circulam nas frentes ribeirinhas", conclui a Câmara do Seixal.

Baía do Seixal atrai cada vez mais nautas
A Baía do Seixal é cada vez mais uma porta de entrada no município e, em 2015, recebeu 521 embarcações de recreio e mais de 3500 tripulantes.
A Estação Náutica Baía do Seixal está a atrair cada vez mais visitantes que recorrem ao conjunto de serviços oferecidos, como as excelentes condições de acostagem e de fundeadouro.
"Em 2014, foram registadas 349 embarcações e 3017 tripulantes e, em 2015, o número de utilizações cresceu para as 521 embarcações e 3500 tripulantes", conta a autarquia.
Na maioria, as embarcações que navegam nas águas da Baía do Seixal são portuguesas, mas também há visitantes oriundos da Bélgica, Dinamarca, Irlanda, Reino Unido, Alemanha e Holanda.
"Para 2016, está já prevista a construção do Núcleo de Náutica de Amora, um dos principais investimentos do município neste ano, que assim reforça a aposta na náutica de recreio", refere a câmara do Seixal.

0 comentários:

Enviar um comentário

Festas Pinhal Novo 2016 - 9 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 8 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 7 Junho

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010