Palmela já vacinou 4256 utentes do utentes

Autarquia pretende concluir plano da vacina da gripe até final  do ano 

"Em três semanas, 33,5 por cento dos utentes inscritos nos Centros de Saúde do Concelho de Palmela, com idade igual ou superior a 65 anos, receberam a vacina contra a gripe sazonal", refere em comunicado a Câmara de Palmela. Com base nos dados recolhidos a 6 de Novembro, o Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida faz "um balanço muito positivo da campanha de vacinação a decorrer no Concelho de Palmela, com a vacina já administrada a 4256 utentes, apesar da atual falta de vacinas", sublinha a autarquia. A falta de vacinas vai atrasar o processo que deverá estar completo até final do ano. Pelas contas da autarquia ainda falta vacinar cerca de oito mil pessoas no concelho. 
Vacinação vai decorrer até fim do ano 

Até ao final da campanha, que poderá prolongar-se para além da data inicialmente prevista (30 de Novembro), prevê-se que sejam vacinados "12 mil 715 utentes do concelho nesta faixa etária, [pessoas a partir dos 65 anos] quer nas Unidades e Extensões de Saúde, quer nas instalações da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Pinhal Novo e da Piscina Municipal de Pinhal Novo, onde está a decorrer a vacinação descentralizada, em articulação com o município (que disponibiliza, também, apoio material e logístico) e a rede social", conta o comunicado da Câmara de Palmela. 
Esta solução surgiu, lembra a autarquia, "em resposta à solicitação do Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida, para evitar aglomerados nas Unidades de Saúde de Pinhal Novo, a freguesia mais populosa do concelho". 
Reconhecendo, também, o importante papel de apoio de proximidade desempenhado pelas farmácias, o município celebrou um protocolo com a associação Dignitude para adesão ao programa 'Vacinação SNS Local' da Associação Nacional de Farmácias e da Associação de Farmácias de Portugal. 
"Através deste acordo, a Câmara de Palmela comparticipa 100 vacinas por farmácia, num total de mais 1500 vacinas gratuitas para a população sénior", sublinha o comunicado da autarquia palmelense.
Perante a realidade pandémica atual, município sublinha “a importância do reforço da cobertura da vacinação contra a gripe sazonal, de forma a minimizar a coexistência desta com a covid-19”.

Agência de Notícias com Câmara de Palmela 

www.adn-agenciadenoticias.com


Comentários

  1. Nao se percebe o que anda a marinha portuguesa a fazer dentro de lares nos quais as familias estao proibidas de entrar (este virus parece uma anedota )

    ResponderEliminar

Publicar um comentário