Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Setúbal doa máscaras mas pode haver falhas de stock

Autarquia apela ao levantamento das máscaras a pessoas com necessidade urgente

A Câmara de Setúbal começou no dia 5 de Maio a entregar à população, de forma gratuita, máscaras reutilizáveis de proteção individual na luta contra a covid-19, que podem ser levantadas em seis locais distintos no concelho. A Loja Coisas de Setúbal, nos Paços do Concelho, e as instalações das cinco juntas de freguesia são os locais onde decorre a entrega de kits com três máscaras, cujo uso passou a ser obrigatório em espaços coletivos fechados como supermercados, repartições públicas, transportes públicos e pequeno comércio com a entrada em vigor do Estado de Calamidade. No entanto, segundo nota da autarquia, as máscaras têm tido muita procura e pode haver rotura de stock em breve. Assim, solicita a Câmara de Setúbal, "que durante esta semana apenas se desloquem aos postos de atendimento as pessoas com necessidade urgente". 
Elevada procura pode levar a rotura de stock  

Estes equipamentos de proteção individual constituem "um adicional às preocupações de distanciamento físico e social, higienização das mãos e etiqueta respiratória que devem estar presentes para conter a propagação da infeção pelo novo coronavírus", diz a autarquia.
É preciso, no entanto, ter em conta que, como é do conhecimento geral, devido à grande procura de máscaras as empresas estão a fornecer faseadamente todas as entidades e Setúbal não foge à regra.
Deste modo, para que não exista rotura nos stocks, a Câmara Municipal "solicita que durante esta semana apenas se desloquem aos postos de atendimento as pessoas com necessidade urgente de máscaras, porque não as conseguiram adquirir ou porque, devido a limitações diversas, não têm condições para as obterem de outra forma".
As empresas estão a fornecer diariamente "todas as entidades públicas do país, pelo que, em breve, estará regularizado o fornecimento", garante a autarquia.
Sempre que se verifique rotura de stocks nos seis postos de atendimento, os funcionários registam, mediante a apresentação de comprovativo de residência, obrigatório para o levantamento das máscaras, nome, morada e composição do agregado familiar para que "sejam enviadas, no próprio dia pelos correios, evitando-se nova deslocação".
A autarquia alerta, igualmente, que, de acordo com a Direção-Geral de Saúde, não é "aconselhável a utilização de máscaras por crianças menores de 6 anos".
As máscaras comunitárias escolhidas por Setúbal para a concretização deste projeto de apoio à população, certificadas pelo Citeve, devem ser lavadas a uma temperatura superior a 60 graus.
Para levantar os kits de máscaras oferecidos pela autarquia, os munícipes devem dirigir-se aos Paços do Concelho, Loja Coisas de Setúbal ou aos edifícios das juntas de freguesia de São Sebastião, União das Freguesias de Setúbal, Azeitão, Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra e à Junta de Freguesia do Sado.
As máscaras, segundo a autarquia sadina, são entregues "mediante a apresentação de comprovativo de morada, como fatura de água ou eletricidade ou renda".

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010