Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 21 de abril de 2020

Palmela lança concursos para investir no concelho

Melhoramento em escola de Pinhal Novo, aceiros e ruas pavimentadas e requalificação de casas municipais 

Estão em marcha vários concursos públicos que totalizam mais de 800 mil euros de investimento, no concelho de Palmela. A autarquia quer obras de melhoramento parque habitacional municipal [na Quinta do Anjo, Palmela e no Bairro Padre Nabeto]. A pavimentação de ruas e aceiros também avançam na Fonte da Vaca [Pinhal Novo], Poceirão, Aires e na Volta da Pedra. Em concurso está ainda a requalificação da escola básica Zeca Afonso, em Pinhal Novo e outro para obras de conservação do Chafariz D. Maria I, na vila de Palmela. Esta obra já esteve em concurso público no final do ano passado, por 29 mil euros, mas não foi aceite por ninguém. Voltou agora a concurso por mais de 42 mil euros. Algumas das obras foram "pedidas" no âmbito da iniciativa “Eu Participo!”, pela população. 
Aceiro na Fonte da Vaca é uma das obras em concurso 

A Câmara de Palmela lançou concurso para a empreitada de ampliação do refeitório e alteração do recreio coberto do pré-escolar da Escola Básica Zeca Afonso, em Pinhal Novo, com um preço base de cerca de 264 mil euros.
"O refeitório vai ser ampliado para cerca do dobro da área (de 92.85 para 180.31 m2) e a cozinha vai ser requalificada, de acordo com as atuais normas de higiene e segurança alimentar. Esta intervenção vai melhorar a funcionalidade e adequação dos espaços e inclui a substituição dos equipamentos de confeção e preparação de alimentos", explica a autarquia de Palmela à ADN-Agência de Notícias.
"O recreio coberto do pré-escolar vai ser deslocalizado para junto das respetivas salas e passa de 68.64 para 116.73 m2", diz ainda o documento.
A obra inclui ainda a correção da drenagem de águas pluviais e a requalificação da área exterior envolvente à intervenção. O projeto de execução teve o custo de 18 mil euros.

Investimento no parque habitacional do concelho 
Relativamente a obras de melhoria no parque habitacional municipal, 28 mil euros destinam-se a uma habitação social na Rua Lúcio Borges da Costa, em Palmela.
Lembra a autarquia que já havia lançado concurso para a empreitada, sem resultados, sendo o valor base agora aumentado, tendo em conta a inflação dos preços de mercado.
Já este ano, o município "lançou concursos para a beneficiação de outras duas habitações sociais, situadas na Rua Timóteo de Matos, em Quinta do Anjo, e na Rua de São Tomé e Príncipe, no Bairro do Padre Nabeto", explicou a autarquia em comunicado.

Ruas e aceiros seguem para obras 
Outro dos concursos, com valor base de 132,5 mil euros, tem a ver com a obra de pavimentação da Rua Florbela Espanca e também da Rua do Lagar, na Volta da Pedra.
Foi uma das obras mais votadas pela população no âmbito da iniciativa “Eu Participo!” e segue a linha “dos compromissos assumidos” pelo município para a requalificação e valorização de infra-estruturas.
"Esta obra tem cobertura orçamental no empréstimo bancário de médio e longo prazo para o financiamento do Plano Plurianual de Investimentos, aprovado pela autarquia", diz o comunicado.
Projecto também bastante votado no “Eu Participo!”, avança agora oconcurso para obras de pavimentação do Aceiro da Fonte da Prata, em Pinhal Novo, com valor base de 164,3 mil euros.
A autarquia lançou ainda o concurso para o projeto de execução de um novo troço de rua em Aires, entre a Avenida Joaquim Lino dos Reis e a Rua de Aljubarrota, no âmbito da unidade de execução já aprovada para o local.
"A abertura desta rua vai contribuir para aumentar a segurança rodoviária, uma vez que permitirá melhorar a fluidez do trânsito, ao criar uma alterativa na ligação norte-sul na localidade de Aires", explica o executivo comunista que gere a Câmara de Palmela.
"A nova artéria incluirá todas as infraestruturas, iluminação pública, mobiliário urbano e via pedonal e ciclável", sublinha a nota de imprensa. 
Por último, com o mais alto valor base e novamente com destaque no projecto “Eu Participo!”, a Câmara  de Palmela lançou concurso público com valor base de 227,9 mil euros para a pavimentação da Rua António Roldão, no Poceirão.
Lembra a autarquia que já concluiu na referida rua a intervenção na rede de obras, com a devida "cobertura orçamental no empréstimo bancário de médio e longo prazo ".

Novo concurso para Chafariz D. Maria I

O governo de Palmela lançou ainda um novo concurso público para a empreitada de conservação do Chafariz D. Maria I, na vila de Palmela, desta vez com o preço base de 42.4 mil euros. 
"A Câmara Municipal tinha aberto, em Dezembro, um concurso para esta obra, com um preço base de cerca de 29 mil euros, que ficou deserto. O novo concurso tem um preço base mais alto, revisto pelos projetistas, face aos novos preços praticados nas obras públicas", conta a autarquia.
A obra consiste no tratamento e pintura do Chafariz, tratamento da alvenaria e das cantarias dos tanques e reparações da rede de águas. Embora se trate apenas de conservação, a intervenção teve, diz a autarquia, "de ser alvo de um projeto, aprovado pela Direção Geral do Património, que custou cerca de 11 mil euros".

Agência de Notícias 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010