Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 27 de abril de 2020

Obras na secundária de Sesimbra já começaram

Uma nova vida para a escola Navegador Rodrigues Soromenho

A requalificação da Escola Básica 2,3 Navegador Rodrigues Soromenho, na vila de Sesimbra, já se iniciou. Nesta primeira fase será feita a ampliação para o terreno contíguo, cedido pela Câmara Municipal, com a construção de um novo bloco, que incluí também um pavilhão desportivo. Esta primeira intervenção está orçada em cerca de 2,8 milhões de euros. "A segunda fase, que contempla a requalificação das atuais instalações, e cujo concurso será lançado em 2021, está orçada em cerca de 1,4 milhões de euros", informa a Câmara de Sesimbra em comunicado. 
Esta irá ser a nova escola de Sesimbra 

Em tempos de pandemia mundial, com todos os alunos em casa e ainda sem data para voltar à escola, as obras de requalificação na escola secundária de Sesimbra arrancaram este mês.
No total, diz a autarquia, "a ampliação e requalificação da Escola Navegador Rodrigues Soromenho terá um valor de cerca de 4,2 milhões de euros, beneficiando de uma comparticipação três milhões de euros ao abrigo de um contrato programa com o Ministério da Educação, e de 176 mil euros, ao abrigo de uma candidatura apresentada pela Câmara Municipal, ao Portugal 2020".
Apesar da competência desta intervenção ser do Ministério da Educação, a Câmara  de Sesimbra, presidida pelo comunista Francisco Jesus, "assumiu esta responsabilidade, ao abrigo do acordo assinado em Novembro de 2017, entre o presidente da Câmara de Sesimbra e a então secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, para o conjunto de intervenções das duas fases, o desenvolvimento de projeto de arquitetura e de especialidades, lançamento, acompanhamento e fiscalização da obra".
No total, para além da cedência do terreno, a autarquia de Sesimbra vai investir do seu orçamento municipal cerca de 1,4 milhões de euros.
"Trata-se de um investimento há muito aguardado por toda a comunidade educativa, que esteve na linha da frente, juntamente com as autarquias do concelho, na reivindicação, junto da tutela, para que esta obra se concretizasse", explica Francisco Jesus. O prazo de execução desta primeira fase é de 540 dias.

Caraterísticas do novo edifício
O novo edifício será composto por sete salas de aulas, três salas para as artes, três laboratórios, biblioteca, gabinete médico, pavilhão gimnodesportivo e instalações de apoio. O projeto tem várias particularidades, de onde se destaca a cobertura ligeira do pavilhão e painéis em vidro na fachada sul do pavilhão e das salas, por forma a permitir a entrada de luz natural, e um terraço com cobertura ajardinada.
A secretaria será deslocada para um espaço de ligação ao novo edifício, e o atual pavilhão irá funcionar como sala polivalente. A obra engloba ainda a execução de arranjos exteriores e criação de estacionamento na envolvente.
Esta escola, em Sesimbra, tem mais de 50 anos, foi projetada para 350 alunos mas hoje conta com perto do dobro, o que obriga a que algumas das aulas sejam dadas no próprio refeitório. As 16 salas que dão resposta a 24 turmas e os pavilhões pré fabricados, com cerca de 40 anos e cobertura de amianto, estão em avançado estado de degradação.

Agência de Notícias com Câmara de Sesimbra 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010