Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 13 de março de 2020

Autarquias do distrito com planos para o Covid-19

Municípios avançam com medidas para travar primeira pandemia do século

Fechar escolas já a partir de segunda-feira, encerrar discotecas, reduzir em um terço a lotação máxima de cada restaurante, limitar a frequência de centros comerciais e limitar as visitas aos lares de idosos em todo o país. É este o plano de combate do Governo português ao covid-19. "É uma luta pela nossa sobrevivência, pela proteção da saúde dos portugueses" e "estamos todos juntos", garante o primeiro-ministro, António Costa, na noite em que anunciou as medidas para fazer face à pandemia do novo coronavírus. No distrito de Setúbal algumas autarquias já cancelaram - ou adiaram - eventos marcados para este mês de Março e princípios de Abril, devido ao surto do Covid-19, que, aliás, foi declarado pela Organização Mundial de Saúde como pandemia. Quase todas as câmaras do distrito estão assim a pôr em marcha planos de contingência para acautelar o contágio por esta estirpe de coronavírus. 
Autarquias estão preparadas para o Covid-19

No Seixal, realizou-se uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil e foram adotadas medidas de prevenção e controlo de infeção do Coronavírus (covid-19), que visam salvaguardar a saúde dos trabalhadores e da população do concelho. 
O presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, referiu a este propósito que "vamos manter a vigilância e o acompanhamento diário e em permanência sobre esta situação de emergência, e iremos tomar as medidas necessárias para que não só o município possa assegurar a prestação de serviço público às populações como também possamos participar neste esforço nacional de prevenção e mitigação desta pandemia".
O autarca deixou ainda uma mensagem à população: "Continuamos juntos, na certeza de que iremos ultrapassar este problema, seguindo sempre as orientações da Direção-Geral da Saúde".
No concelho foram suspensas ou adiadas atividades culturais, desportivas e recreativas promovidas pelo município. Visitas de lazer, turismo ou de âmbito cultural e desportivo promovidas ou apoiadas pelo município, tal como o adiamento das atividades complementares à ação educativa, como visitas de estudo e passeios promovidas pelo município, ou com recurso ao serviço de transportes da autarquia ou em equipamentos municipais. Encerramento ao público das piscinas municipais de Amora e Corroios, do posto municipal de Turismo, núcleos do ecomuseu municipal do Seixal e oficina de artes Manuel Cargaleiro. 
"Importa ainda referir, que segundo as autoridades de saúde, não há nenhum caso registado de Covid-19  na área do município do Seixal. No entanto, é de extrema importância a adoção de comportamentos preventivos por parte de todos", reforça a autarquia. 

Queijo, Pão e Vinho adiado para final de Maio em Palmela 
Em Palmela, por causa da pandemia, já foram adiados ou cancelados vários eventos no concelho, entre os quais um dos grandes festivais gastronómicos do concelho. O Festival Queijo, Pão e Vinho, previsto para Quinta do Anjo de 3 a 5 de Abril, irá se realizar, no mesmo local, de 29 a 31 de Maio. A Clássica e Granfondo da Arrábida, uma das maiores provas de ciclismo do país, que se realizava a 15 de Março foi reagendada para data a anunciar. 
A autarquia cancelou ainda o Festival PN 2020 (previsto para esta sexta-feira e sábado), o Festival das Sopas de Quinta do Anjo, o espetáculo "Mães, Mulheres e Quarentonas" - Cia. das Miúdas Perfeitas - Teatro da Vila. Tal como o Ensaio Aberto "Sonho de uma Noite de Verão" - Teatro Artimanha (previsto para 19 de Março), as Oficinas de Teatro “ATA Maior” - Teatro Artimanha, a 5.º PinhalnovoGym (inicialmente previsto para 21 e 22 de Março). A "Network of Role Models" também não se irá realizar, tal como as Férias Culturais Passos e Compassos (nas férias da Páscoa). 
No âmbito da prevenção e controlo da propagação do coronavírus, o município de Palmela já dispõe de um plano de contingência interno.
"Tendo como objetivos antecipar e gerir o impacto do COVID – 19, garantindo uma resposta eficaz e permanente quer aos trabalhadores, quer nos serviços prestados pelo município, o Plano contempla diversos procedimentos a adotar em função das necessidades que possam surgir", explica a Câmara de Palmela em Comunicado.
Inclui, por exemplo, "medidas de prevenção e um conjunto de procedimentos a adotar para garantir o funcionamento de serviços básicos à comunidade em cenários que impliquem o encerramento de serviços municipais ou perante uma elevada taxa de absentismo causada pelo número de trabalhadores infetados", garante a autarquia.
Segundo a autarquia liderada por Álvaro Amaro, já existiu um reforço da informação interna sobre o COVID 19 junto dos trabalhadores e nos espaços municipais. Formação aos trabalhadores das áreas de atendimento pelo serviço de saúde ocupacional, reforço de stock e disponibilização de gel desinfetante para os serviços municipais e a criação de um endereço eletrónico interno para responder a dúvidas relacionadas com o COVID-19.

Montijo suspende atividades no concelho
O plano de contingência está também a funcionar no município do Montijo, que para além de regras para os funcionários está atenta aos eventos a decorrerem no seu território.
"A observância dos princípios da precaução e da proporcionalidade aconselha à tomada de medidas mitigadoras, designadamente no âmbito da realização de atividades de nível municipal que, pelo número de participantes envolvidos, proveniência dos mesmos ou condições da sua realização, possam potenciar riscos inadequados", diz a autarquia que já encerrou os Pavilhões Desportivos Municipais nº. 1 e 2, as Piscinas Municipais. Limitou a utilização do Cinema Teatro Joaquim d’ Almeida a atividades com mais de 150 pessoas. Suspendeu as aulas e atividades da Universidade Sénior e Projetos de Envelhecimento Ativo e as atividades do Projeto Kont@rte. 
O Montijo adidou ainda as atividades Municipais e programas que decorreriam em espaços municipais fechados, designadamente a Câmara Municipal Jovem e a III Mostra de Bandas, entre outras medidas.
"Perante esta pandemia, a Câmara  do Montijo decidiu adotar um conjunto de medidas preventivas e de contenção que preservem o bem-estar da população e que minimizem efeitos para a saúde dos cidadãos", sublinha a autarquia. 

Bibliotecas e equipamentos culturais fecham em Almada 
O mesmo fez a Câmara de Almada através do seu plano municipal de contingência, que também ontem, adoptou medidas temporárias e preventivas com vista a reduzir os riscos de exposição e eventual contágio do Covid-19.
Assim, foi decidido encerrar ao público as bibliotecas municipais e Arquivo Histórico, incluindo o cancelamento das actividades externas programadas nas salas polivalentes. Pelo menos até 5 de Abril vão estar também de portas encerradas os museus do concelho, o Fórum Municipal Romeu Correia, Oficina de Cultura e Galeria Municipal de Arte, as casas municipais da juventude e as piscinas municipais. A funcionar ficam apenas a Casa da Cerca, o Solar dos Zagallos e o Convento dos Capuchos.
Entretanto, ficam suspensas várias actividades promovidas pela autarquia, assim como eventos desportivos sendo que, os que forem de carácter competitivo, vão decorrer à porta fechada, caso dos previstos para o Complexo Municipal dos Desportos Cidade de Almada.

Sesimbra proíbe ajuntamentos de munícipes
Em Sesimbra, a Câmara e as juntas de freguesia do concelho tomaram um conjunto de medidas com vista prevenir o contágio por COVID-19, que passam pelo cancelamento de atividades suscetíveis de gerar concentração de pessoas, até 3 de Abril, bem como recomendações ao movimento associativo e outras entidades para que procedam da mesma forma.
"As autarquias também não licenciarão qualquer atividade que possa gerar concentração e movimentação de pessoas durante este período", refere a autarquia em comunicado.
Nesta fase, diz ainda a Câmara de Sesimbra, "não serão encerrados equipamentos municipais, embora possa ser feito o controlo do número de pessoas no seu interior, caso se justifique, seguindo-se assim indicações da Direção-geral de Saúde".
A exceção é a Piscina de Sesimbra, que será encerrada, e os pavilhões municipais de Sampaio e Quinta do Conde, cujo uso será condicionado. "O acesso a serviços de atendimento é aconselhado em casos de estrita necessidade ou urgência. Será feito o reforço da informação e prevenção nos espaços municipais", explica ainda a autarquia que vai reforçar a informação e os cuidados preventivos nos mercados municipais, parques verdes urbanos, parque de campismo municipal e equipamentos autárquicos com contacto com o público.
"A Câmara de Sesimbra e as juntas de freguesia estão a acompanhar de perto o desenvolvimento dos acontecimentos, em articulação com as entidades de proteção civil do concelho e Direção-geral de Saúde. Todas estas medidas estão a ser avaliadas caso a caso, em permanência", garante a autarquia.

Moita, Barreiro e Alcochete também já fecharam espaços 
No mesmo ângulo de prevenção a Câmara da Moita, para além, de várias medidas de limpeza, decidiu levar as medidas de prevenção até ao último dia deste mês com o cancelamento de todas as actividades, nomeadamente os projectos educativos municipais dirigidas às escolas e ao público em geral.
De acordo com o Plano de Contingência Municipal e, seguindo as recomendações da Direção Geral de Saúde para a contenção do coronavírus, a autarquia encerrou as quatro Bibliotecas Municipais do Concelho e o Espaço Favo,  em Alhos Vedros, entre os dias 16 e 31 de Março.
A autarquia informa ainda que haverá restrições nos serviços de atendimento municipal. "Apelamos aos munícipes que evitem deslocações aos Balcões do Munícipe ou a outros locais de atendimento municipal, devendo recorrer preferencialmente a meios não presenciais de contacto com a Câmara – telefone, correio eletrónico, Serviços Online –, sempre que tal seja possível", avisa a Câmara da Moita.O Barreiro é outro dos municípios que já anunciou cancelar iniciativas, uma delas a “15ena da Juventude”, prevista para se realizar desta sexta-feira até 4 de Abril. Fica também cancelada a inauguração das novas instalações do Gabinete de Apoio à Família e Criança, que se encontrava agendada para 14 de Março.
A Câmara de Alcochete já informou a população "que os eventos programados para o mês de Março, no concelho de Alcochete, estão suspensos por forma a proteger e salvaguardar o bem-estar da população", disse Fernando Pinto, presidente do executivo municipal.
"Procedemos ainda ao encerramento temporário da Piscina Municipal de Alcochete como medida preventiva de controlo de infeção por coronavírus. Os pavilhões funcionam só à porta fechada", diz ainda o autarca que apela "à serenidade necessária da população".

Agência de Notícias com autarquias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010