Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Sesimbra recupera aqueduto do Cabo Espichel

Autarquia requalifica património do Santuário

A primeira fase da obra de recuperação do aqueduto de abastecimento à Casa da Água, no Cabo Espichel, foi adjudicada na reunião de Câmara de Sesimbra e vai avançar dentro de poucas semanas. A obra, diz a autarquia em comunicado, "representa um investimento de cerca de 575 mil euros, com uma comparticipação pelo Portugal 2020, de 50 por cento da despesa elegível", diz autarquia. Esta intervenção dá continuidade ao programa de reabilitação do Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, cujo exemplo mais recente é o restauro da Casa da Água, e insere-se na estratégia de recuperação e valorização do património do concelho, desenvolvida pela Câmara de Sesimbra.
Obras no aqueduto começam em breve 

A obra, refere a Câmara de Sesimbra, "compreende a consolidação da alvenaria, a reposição da cobertura do canal e respetiva cumeeira, a execução de rebocos com argamassa de cal e areia, semelhante à que originalmente revestia esta estrutura e a criação de uma ponte de atravessamento, sobre o aqueduto, em madeira laminada tratada, para a praia dos Lagosteiros".
Os trabalhos, explica ainda a autarquia, "abrangem cerca de 1,2 quilómetros da parte elevada desta estrutura de 2,5 quilómetros, ficando a parte subterrânea para uma segunda fase".
O objetivo é "restabelecer a linha de água, desde a nascente, na Azoia, até à Casa da Água", sublinha a Câmara de Sesimbra em comunicado enviado à ADN-Agência de Notícias.
De referir que, antes desta obra, foi efetuado o diagnóstico da estrutura e do sistema hidráulico. Este estudo, explica o documento, é "fundamental para perceber o estado de conservação, incluiu o levantamento de linhas, cotas, inclinações, e o registo vídeo da parte subterrânea, o que permitiu detetar, por exemplo, a existência de diversas calcificações e obstruções no canal".
Importa ainda salientar que a autarquia vai também levar a cabo um conjunto de melhoramentos no estacionamento e na envolvente do cercado da horta, neste caso, no âmbito de outra obra.

Investimento de 1,3 milhões para requalificar santuário  
Esta intervenção dá continuidade ao programa de reabilitação do Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, aprovada em 2018, no valor global de 1,3 milhões de euros, com um investimento elegível de 854 mil euros, comparticipado em 50 por cento pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, foi aprovada.
Segundo fonte da autarquia, esta operação tem como objectivo “valorizar este monumento emblemático do município e da região, através da intervenção em alguns dos seus espaços mais importantes e, ao mesmo tempo, melhorar as condições de visita ao conjunto, tanto no edificado e em áreas públicas de utilização comum, como na organização dos circuitos de acessibilidade e requalificação de estruturas musealizadas”.
Neste âmbito, estão englobadas a reabilitação do edificado poente da Ala Sul das Hospedarias, o restauro da Casa da Água, uma obra que ficou concluída em 2017 e que foi suportada pelo orçamento municipal, a recuperação e restauro do troço aéreo do aqueduto e do seu sistema hidráulico setecentista, a ligação do cercado da Casa da Água e do Horto ao terreiro do Santuário.
Na lista de reabilitação está também o reordenamento do estacionamento junto à entrada do farol e o espaço de visitação envolvente à Casa da Água, horto e tanques, promovendo ainda a recuperação de espaços edificados, estruturas funcionais, motivos arquitectónicos e zonas de acesso, de modo a "assegurar a conservação do património, reforçar a sua atractividade turística, e valorizar a sua inclusão na centralidade Arrábida", refere a autarquia.

Agência de Notícias
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010