Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

GNR apreende suspeitos de trafico em Almada

Operação da GNR da Trafaria apreende três milhões em cocaína

A GNR da Trafaria, no concelho de Almada, deteve três pessoas na sequência de uma investigação relacionada com tráfico de droga. Foram detidos, em flagrante delito, um homem e uma mulher, de nacionalidades portuguesa e cabo-verdiana. Foi ainda detida uma terceira pessoa, na sequência do cumprimento de um mandato de detenção. Após buscas aos domicílios dos suspeitos, as autoridades acabaram por encontrar droga proveniente da América do Sul, que estaria avaliada em cerca de três milhões de euros. A cocaína era separada em doses individuais e misturada com outras substâncias para ser depois vendida diretamente a consumidores. Dois dos homens que tinham sido detidos pela GNR da Trafaria ficaram em prisão preventiva, informou a GNR este sábado. 

GNR desmantela rede de tráfico em Almada 

O Núcleo de Investigação Criminal de Almada da GNR deteve na Trafaria uma mulher e dois homens suspeitos de tráfico de droga e posse de arma ilegal, tendo os homens ficado em prisão preventiva e mulher sido constituída arguida.
As detenções foram feitas na sequência de uma investigação que decorria há já 11 meses e durante a qual os militares da GNR apuraram que os suspeitos se dedicavam em exclusivo a esta atividade ilícita, vendendo a droga diretamente a consumidores na Charneca da Caparica.
Segundo um comunicado da GNR, um primeiro suspeito foi intercetado no Aeroporto de Lisboa na posse de 2,7 quilos de cocaína pura, dissimulada no interior de uma mala de viagem.
O Comando Territorial de Setúbal, revela que no seguimento desta detenção foram realizadas quatro buscas domiciliárias e uma num estabelecimento em que foram apreendidas 67,5 doses de cocaína, uma pistola 6,35 mm, 3.580 euros em dinheiro, 32,3 gramas de ouro, uma mala de viagem preparada para transportar droga de forma dissimulada no seu interior e ainda diverso material de corte, embalamento e distribuição da droga.
A cocaína, proveniente de um país da América do Sul, avaliada em cerca de três milhões de euros, era separada em doses individuais e misturada com outras substâncias para ser depois vendida diretamente a consumidores, precisa a mesma informação enviada à Lusa.
Os detidos têm idades entre os 32 e os 46 anos e esta operação contou com a colaboração da PSP.

Agência de Notícias com Lusa 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010