Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Estado investe 10 milhões nos barcos do Barreiro

Governo autoriza Soflusa a gastar 10 milhões de euros em manutenção da frota até 2022

O Governo autorizou a Soflusa, que assegura as ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, a gastar dez milhões de euros na manutenção dos navios entre 2020 e 2022, foi esta terça-feira publicado em Diário da República.  De acordo com a portaria, a Soflusa tem “necessidade de aquisição de serviços de manutenção global dos navios”, pelo que o Ministério das Finanças e o do Ambiente e Transição Energética decidiram autorizar a repartição de encargos “até ao montante global estimado de dez milhões de euros”.
Dinheiro para a manutenção vai chegar 


Um valor, que, segundo o documento, será repartido “por ano económico”, permitindo que a Soflusa gaste três milhões de euros em manutenção nos anos de 2020 e 2021, respetivamente, e quatro milhões de euros em 2022.
Ainda assim, refere a nota, “as importâncias fixadas para os anos de 2021 e 2022 poderão ser acrescidas do saldo que se apurar na execução orçamental do ano anterior”.
Numa resposta escrita enviada à agência Lusa, a empresa de transporte fluvial afirmou que o valor atribuído “permitirá a continuidade dos serviços de manutenção da frota da Soflusa, os quais são assegurados externamente, até ao ano de 2022″.
“A portaria autoriza a Soflusa a gastar aquele valor para adquirir prestação de serviços de manutenção. O apoio aos navios é feito por um prestador de serviços e é algo que é feito de forma constante”, explicou.
Em 2017, o Governo aprovou um investimento de dez milhões de euros para o plano de manutenção da frota de navios da Transtejo e Soflusa (cinco milhões para cada), no entanto, segundo a administração das duas empresas, trata-se de verbas distintas.
“Entre 2015 e 2016 houve um desinvestimento e o Orçamento do Estado não deu verbas suficientes para grandes reparações” e alguns navios acabaram por avariar, explicou a administração da Soflusa, acrescentando que “o objetivo da verba de 2017 foi de permitir” repará-los.

Agência de Notícias com Lusa 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010