Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Seixal aprova orçamento de 137 milhões de euros

Educação , área social , ambiente e desporto são prioridades nos investimentos 

A Assembleia Municipal do Seixal já aprovou as Grandes Opções do Plano para 2019, quase um ano depois de as ter reprovado, tendo um orçamento de 137 milhões de euros, anunciou a autarquia.  Em comunicado, a Câmara do Seixal (liderada pela CDU),  adiantou que a educação se destaca nos investimentos, com a requalificação e ampliação das escolas básicas de Aldeia de Paio Pires e Quinta de Santo António, assim como obras de renovação "em outras 14 escolas do ensino básico". No âmbito da mobilidade e transportes, vai iniciar-se o desenvolvimento dos projetos "para a construção do troço em alternativa à Estrada Nacional 10 até à Amora", revela o comunicado. 
Orçamento prioriza investimentos no Seixal 

Já na área social, serão lançados concursos para obras num centro de dia e apoio à construção de um lar de idosos e de uma creche, enquanto no ambiente estão reunidas as condições para continuar a construção do Parque Urbano do Seixal e para lançar a primeira fase do Parque Metropolitano da Biodiversidade.
Quanto ao desporto, será finalizada a construção do Pavilhão Desportivo da Mundet e serão lançados os concursos para a construção do Pavilhão Municipal de Fernão Ferro e da Piscina Municipal de Aldeia de Paio Pires.
Em Outubro do ano passado, a Câmara do Seixal aprovou um orçamento municipal de 89 milhões de euros, no entanto, em Novembro, foi chumbado em assembleia municipal pela primeira vez em 44 anos, com os votos contra do PS, PSD, PAN, CDS-PP e do presidente da Junta de Freguesia de Fernão Ferro, Carlos Reis (independente).
"Infelizmente, o impasse criado com a rejeição do orçamento em Novembro de 2018 limitou a ação da câmara municipal, prejudicando a população e os trabalhadores da autarquia, mas [...] dez meses depois foi corrigido por quem na altura reprovou o orçamento", frisou o presidente da Câmara do Seixal, Joaquim Santos, na nota divulgada.
Segundo o autarca, a aprovação vai permitir agora "concretizar a opção gestionária, valorizando centenas de trabalhadores da autarquia", além dos "investimentos importantes" que irão contribuir para o desenvolvimento económico e social do concelho.
No comunicado, o município indicou também que, decorridos dois anos de mandato, o Seixal "não só consolidou a sua situação económico-financeira, como tem vindo a registar uma evolução muito positiva dos seus principais indicadores".
"O município do Seixal apresentou um resultado líquido do exercício de 2018 no montante de 19 milhões 671 mil 705 euros, o que configura, pelo oitavo ano consecutivo, exercícios em que os proveitos superam os custos, o nono melhor resultado entre todos os municípios do país", mencionou a autarquia.

Agência de Notícias com Lusa
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010