Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 19 de julho de 2019

Palmela vai ter vinhos e jazz no Castelo com Maria João

Palmela recebe um festival de Jazz com vinhos e em Águas de Moura vive-se as noites da fonte

O Castelo de Palmela vai abrir as muralhas à sexta edição do Palmela Wine Jazz, que chega esta sexta-feira (19 de Julho) e se estende até domingo (21 de Julho), com música, vinho e gastronomia. Por lá, vai haver 15 adegas com vinhos da região de Setúbal, que levam descontos e ofertas especiais. O horário da feira de vinhos é das 18 horas à meia-noite, sexta-feira e sábado, e das 16 às 21 horas, no domingo. Ao longo dos três dias, O Bobo da Corte, a Igreja de Santa Maria e o Terraço Sul recebem os concertos de jazz que prometem encher o evento de música. O maior destaque vai para o concerto da cantora Maria João, sábado às 22h30 na Igreja de Santa Maria. Em Águas de Moura há, esta sexta e sábado, as noites da fonte. Animação musical, espetáculos de teatro, marchas populares e gastronomia são algumas das sugestões desta iniciativa que promete animar estas duas noites de verão junto à fonte centenária.
Castelo abre as portas ao Jazz e ao vinho 

O Palmela Wine Jazz dá o mote para, entre as muralhas do castelo daquela vila da Península de Setúbal, contactar durante os dias da festa com alguns dos mais emblemáticos produtores da região. De 19 a 21 de Julho, para além dos concertos de jazz, a iniciativa conta com uma feira de vinhos e com provas de néctares da Península de Setúbal.
O ponto alto será uma atuação da cantora Maria João, que vai apresentar “Ogre” - o seu novo trio musical que é um híbrido entre jazz e música eletrónica  - na Igreja de Santa Maria às 22h30, este sábado. Mas também haverá espetáculos do grupo de música instrumental Loosense (sexta-feira, às 22h30) e do Quarteto Desidério Lázaro (domingo, às 21 horas).
O programa conta com um percurso pedestre pelo centro histórico da vila, “Caminhado para o Jazz”. A partida é na porta do Castelo de Palmela nesta sexta-feira, às 19 horas, e a 20, sábado, às 18 horas.
A caminhada de 4,4 quilómetros tem duas horas e meia de duração e dificuldade baixa. Termina com um concerto de jazz. A participação é gratuita até aos 12 anos. Para os adultos, o valor da inscrição é de 10 euros e inclui guias, copo de prova Palmela Wine Jazz, voucher de três provas e seguros. Já pode inscrever-se online, com a indicação do nome completo, data nascimento, cartão de cidadão, contacto e email.
A entrada no Palmela Wine Jazz é livre e o programa começa todos os dias às 19 horas. Para saber mais informações, consulte a página da Câmara de Palmela.
Uma festa da música e do vinho que conta com ações paralelas e com descontos na aquisição. Para os interessados fica, abaixo, o calendário da festa que, este 2019, conta com a presença dos seguintes produtores: Adega Camolas, Adega de Palmela, Casa Ermelinda Freitas, Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões, Damasceno Wines, Fernão Pó Adega, Filipe Palhoça Vinhos, Herdade da Comporta, Herdade de Pegos Claros, Malo Wines, Quinta do Monte Alegre, Quinta do Piloto, Sivipa, Venâncio da Costa Lima, Xavier Santana.

Fonte centenária é pretexto para noites de animação em Águas de Moura
Esta sexta-feira e sábado, há “Noites na fonte” na aldeia de Águas de Moura, freguesia de Marateca. Animação musical, espetáculos de teatro, marchas populares e gastronomia são algumas das sugestões desta iniciativa que promete animar estas duas noites de verão junto à fonte centenária.
Esta sexta-feira,  às 21h30, as honras de abertura da programação estarão a cargo da Marcha Infantil dos Cenourinhas, da União Social Sol Crescente da Marateca, seguindo-se às, 22 horas, “Histórias de En Calhar: os verdadeiros contos” pelo Teatro Estranhamente Louco e Absurdo (TELA) e, às 22h30, o espetáculo com Marco Alonso Group e animação de dança oriental com Tânia Lopes.
Já no dia 20 de Julho, sábado, a Associação de Festas de São Pedro da Marateca abre a noite de animação com a Marcha de São Pedro para, às 22 horas, os ValdevinosTeatro de Marionetas entrarem em cena com um teatro tradicional português Dom Roberto. Às 22h30, é a vez de Ângela Ribeiro apresentar “Deixa Falar a Fonte: a água que corre, a fonte que fala” e, às 23 horas o grupo Raiz Lusa encerra o programa com um espetáculo musical.
Durante os dois dias, o público poderá ainda percorrer as tasquinhas com petiscos que serão asseguradas em permanência pelo Grupo Desportivo de Águas de Moura, conviver num espaço decorado pela Cáritas Diocesana de Setúbal e também visitar os comerciantes da Baixa Comercial de Águas de Moura que, nos dias 19 e 20 de Julho, das nove às 14 horas, dão vida a mais um Mercadinho d’A Moura, este mês dedicado ao verão.
Com o intuito de dinamizar a oferta cultural na freguesia, as “Noites na fonte” são uma organização da Câmara Municipal de Palmela, da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, do Teatro Estranhamente Louco e Absurdo, da Associação de Festas de São Pedro da Marateca, da União Social Sol Crescente da Marateca (Os Cenourinhas), da Cáritas Diocesana de Setúbal (Centro Comunitário de São Pedro) e do Grupo Desportivo e Recreativo de Águas de Moura.

Agência de Notícias
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010