Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 27 de junho de 2019

Festival Liberdade atrai milhares a Santo André

Mundo Segundo, Sam the Kid, HMB e Karetus no palco principal 

Vila Nova de Santo André, no concelho de Santiago do Cacém, acolhe, entre sexta-feira e domingo, a 7.ª edição do Festival Liberdade, que espera atrair milhares de jovens ao litoral alentejano. O evento, organizado pela Associação de Municípios da Região de Setúbal, em conjunto com a Câmara de Santiago do Cacém, leva pela primeira vez ao litoral alentejano "centenas de iniciativas dinamizadas pela juventude da região" e concertos no palco principal. Mundo Segundo & Sam the Kid, HMB, Karetus, Papillon, Mishlawi e Bispo que atuam nos dois primeiros dias do festival. O último dia é dedicado ao movimento associativo juvenil do distrito de Setúbal.
HMB atuam no Festival da Liberdade 

"Trata-se de um projeto regional, em parceria com o movimento associativo juvenil, que pretende criar espaços de discussão e participação das estruturas juvenis" para "potenciar o envolvimento" dos jovens "na construção do festival", destacaram hoje os promotores.
Este ano, o festival, que teve a sua primeira edição em 1994, tendo sido retomado em 2014, conta com mais um dia de atividades, no recinto do Centro Equestre de Santo André, na cidade de Vila Nova de Santo André, onde estão previstas iniciativas "ligadas às mais diversas expressões", desde a música, dança e o teatro até ao cinema, desporto e artes visuais.
"Vila Nova de Santo André é a cidade mais jovem do país e talvez das mais jovens da Europa, tem a maior percentagem de jovens do Alentejo, é sinónimo de juventude e, por isso, este é o sítio mais apropriado para se realizar o festival", realçou o presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha.
Ao longo dos três dias, os jovens e as estruturas ligadas à juventude do distrito de Setúbal são convidados a participar no evento, dando a conhecer ao público do festival as suas iniciativas nos espaços temáticos montados para o efeito, como a Mostra Associativa, o palco Paz, o palco Igualdade e a Tenda Juventude.
"Queremos promover o desenvolvimento social dos nossos territórios, fortalecendo o movimento associativo e o dinamismo da cidadania, aproximando a juventude e as autarquias, com uma oferta que é única, genuína e diferenciadora de outros festivais que são mais comerciais", explicou Rui Garcia, presidente da Associação de Municípios da Região de Setúbal.
De acordo com a organização, no palco Paz, serão apresentados projetos musicais que se afirmam como novos valores da música nos vários concelhos do distrito de Setúbal, enquanto que, no palco Igualdade, é dada primazia aos músicos a solo, DJ's e MC's.
O recinto recebe ainda a Tenda da Juventude, que acolhe, durante o evento, projetos mais intimistas nas áreas da música e da dança, e o espaço expositivo Arte em Liberdade, com trabalhos realizados por jovens artistas nas áreas da fotografia, desenho, pintura, gravura, ilustração, banda desenhada, instalação e escultura.
Além da demonstração de diversas atividades desportivas, o programa do festival, que tem entrada livre e campismo gratuito, prevê a realização de encontros, debates e animação de rua.
Pelo palco principal da festa, o palco Liberdade, vão passar artistas como Mundo Segundo & Sam the Kid, HMB, Karetus, Papillon, Mishlawi e Bispo que atuam nos dois primeiros dias do festival.
O Festival Liberdade termina, no domingo, com o Encontro do Movimento Associativo, no qual serão apresentados projetos e experiências do movimento associativo juvenil e dos municípios da região e aprovada uma proposta de resolução.

Agência de Notícias com Lusa 
www.adn-agenciadenoticias.com

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010