Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Almada reforça meios e melhora acessos às praias

Defesa da floresta passa pelas praias da Caparica neste verão

A proteção civil da Câmara de Almada apresentou esta quarta-feira, o plano de defesa da floresta para o verão, tendo como estratégias o reforço de meios e a melhoria dos acessos às praias da Costa de Caparica. "Vamos entrar na época alta e todos nós sabemos o caos que costumam ser aqueles acessos [às praias], onde muitas vezes os meios de proteção civil para chegarem às pessoas e ocorrências tinham que circular pelos carris do Transpraia", frisou a presidente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros. A autarca falava após a apresentação da "Operação Floresta Segura, Floresta Verde 2019", na Junta de Freguesia da Charneca de Caparica, em Almada, onde avançou que a Ecalma, a empresa municipal de estacionamento e mobilidade está a criar "um estacionamento mais organizado, vias de circulação e uma via de segurança" nas praias da Costa de Caparica.
Reforços nas praias de olho na floresta 

"A via de segurança vai servir para peões, bicicletas e trotinetas, mas será sobretudo a garantia de que, em caso de algum problema, as forças de segurança a possam usar", explicou.
A implementação deste plano municipal de proteção da floresta revelou-se um sucesso no ano passado, por ter contribuído para "a menor área ardida de sempre e o menor número de ocorrências".
Segundo os dados apresentados pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, em 2018 registaram-se 57 ocorrências, tendo ardido apenas 1,86 hectares, em contraste com os piores anos a nível de incêndios neste concelho, entre 1996 e 2000, quando arderam mais de 50 hectares.
Estes resultados levaram Inês de Medeiros a deixar uma mensagem especial à proteção civil que "em dois anos conseguiu fazer o que muitos achavam que era impossível".
Neste sentido, a estratégia é para repetir, tendo começado com a sensibilização da população através de sessões de esclarecimento, colocação de `outdoors` e a informação aos proprietários de terrenos de que devem proceder à remoção dos materiais resultantes de ações de gestão de combustível.
Para a proteção da Paisagem Protegida da Arriba Fóssil da Costa de Caparica e da Mata Nacional dos Medos serão também reforçados os meios disponíveis, tendo levado à criação de uma Equipa de Sapadores Florestais Municipais, que vão efetuar ações de silvicultura preventiva, de sensibilização, vigilância e apoio ao combate a incêndios.
Já as corporações de bombeiros do concelho também serão reforçadas com uma ou duas Equipas de Combate a Incêndios Florestais, entre 1 de Junho a 15 de Outubro, que estará "em pré-posicionamento na Mata Nacional dos Medos, em escala rotativa assegurada pelos três corpos de bombeiros do município", segundo o coordenador da proteção civil municipal, António Godinho.
Durante o verão, aos fins de semana e feriados, serão também implementadas ações de vigilância através do grupo Pantera, com 35 voluntários de várias instituições como escuteiros, estudantes ou até cidadãos a título pessoal.

Agência de Notícias com Lusa  

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010