Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Setúbal divulga estratégia ambiental do futuro

Autarquia explica linhas orientadoras para a criação de um território ambientalmente sustentável

A estratégia de Setúbal para a criação de um município ambientalmente mais sustentável foi partilhada nas XV Jornadas do Ambiente, que decorreram no Auditório Municipal de Lousada. “Políticas Públicas Locais e Sustentabilidade: Desafios e Oportunidades para os Municípios” deu tema ao encontro organizado pela Câmara de Lousada e pela Universidade de Aveiro, que se traduziu num momento de partilha e de reflexão sobre estas matérias. Nestas jornadas, a vereadora do Ambiente na Câmara de Setúbal, Carla Guerreiro, deu a conhecer, num painel destinado a intervenções de municípios com mais de 100 mil habitantes, as linhas orientadoras da estratégia setubalense para a criação de um território ambientalmente sustentável.
Setúbal quer estratégia ambiental 

A valorização da biodiversidade dos territórios protegidos, concretamente o Parque Natural da Arrábida e o Estuário do Sado, foi um dos pontos focados pela autarca, que apresentou, igualmente, um conjunto de medidas, políticas e projetos que aponta à melhoria da qualidade de vida.
Na vertente de educação ambiental, Carla Guerreiro destacou que Setúbal dispõe de uma panóplia de equipamentos que proporcionam as mais variadas experiências pedagógicas, como é o caso da embarcação Maravilha do Sado, com passeios, ateliers e atividades relacionadas com o Estuário do Sado.
O Centro Interpretativo do Roaz do Estuário do Sado, instalado na Casa da Baía, concebido em formato de mostra permanente, com vários painéis e mesas interativas, assim como o Moinho de Maré da Mourisca, com ações pedagógicas direcionadas para a natureza, foram também apresentados.
A estes junta-se o Jardim Multissensorial das Energias, projeto único em Portugal na formação e sensibilização para as questões das energias renováveis e da eficiência energética, instalado nas Escarpas de Santos Nicolau, com iniciativas direcionadas sobretudo para a comunidade escolar.
Na apresentação da estratégia de Setúbal para o Ambiente, Carla Guerreiro abordou ainda questões relacionadas com campanhas ambientais, gestão dos espaços verdes e adoção de medidas de adaptação às alterações climáticas, como é o caso das bacias de retenção de água em construção no futuro Parque Urbano da Várzea.
Além de Setúbal, participaram nas XV Jornadas do Ambiente os municípios de Lousada, Vimioso, Tabuaço, Vila Real, Torres Vedras, Viana do Castelo e Guimarães, a par de outras entidades que participaram nos vários painéis e períodos de debate que compuseram o programa do encontro.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010