Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Boas práticas em bairros valem prémio em Setúbal

Cidades Educadoras reconhece trabalho social na Bela Vista 

As boas práticas impulsionadas pelo programa municipal Nosso Bairro, Nossa Cidade, com ações de melhoria da qualidade de vida no território da Bela Vista, foram premiadas pela Associação Internacional de Cidades Educadoras. “Esta distinção reconhece o intenso trabalho feito nos maiores bairros de habitação pública municipal”, enalteceu a presidente da autarquia setubalense, Maria das Dores Meira, na atribuição do prémio “Boas Práticas” realizada no XV Congresso Internacional de Cidades Educadoras, que terminou no dia 16, no Centro de Congressos do Estoril, concelho de Cascais.
Projeto municipal volta a ser premiado 

A distinção do Nosso Bairro, Nossa Cidade, programa a decorrer desde 2012 em cinco bairros da zona da Bela Vista, reconhece o potencial educador do programa e enaltece o contributo para a transformação da cidade através da capacitação dos munícipes para a construção de uma comunidade com mais qualidade de vida.
A autarca reforçou que a aposta feita no programa municipal é traduzida “numa cidade educadora mais qualificada e mais justa”, até porque “a educação de qualidade não pode, nunca, ser desligada do acesso aos direitos humanos mais básicos, entre os quais se encontra o direito a uma habitação digna”.
Maria das Dores Meira acrescentou que o “Nosso Bairro” contribui “decisivamente para a criação de mais e melhores condições para que as crianças estudem e aprendam melhor, vivendo num ambiente urbano mais são, com mais oportunidades e sem discriminações injustas baseadas apenas no local onde vivem”.
O prémio, vincou, reconhece também o envolvimento de centenas de pessoas que habitam naqueles bairros setubalenses e que quiseram tomar nas próprias mãos o seu destino. “A mudança de perceções é, aliás, das maiores conquistas do Nosso Bairro, Nossa Cidade.”
A mudança alcançada é feita com a participação de moradores, que abdicam de tempos livres para, com o apoio técnico e financeiro da autarquia, pintar prédios, melhorar pátios e criar novas oportunidades, sejam projetos relacionados com a saúde, sejam iniciativas culturais ou obras de maior envergadura.
O programa municipal, que envolve residentes, serviços autárquicos e perto de trinta entidades sediadas no território, engloba os bairros da Bela Vista, da Alameda das Palmeiras, do Forte da Bela Vista, das Manteigadas e da Quinta de Santo António.
O Nosso Bairro, Nossa Cidade estabelece que as ações a realizar devem ser protagonizadas pelos moradores, gerando a participação das pessoas nas decisões que a elas e à sua comunidade dizem respeito, com o objetivo de promover a autonomia, a responsabilidade e o crescimento coletivo.
As pessoas, organizadas em grupos, participam nas decisões e também nas tarefas inerentes à execução das ações, numa lógica de formação de lideranças e de mobilização popular.

“Setúbal, Mais Cidade, Mais Rio”
Setúbal esteve ainda em foco no XV Congresso Internacional de Cidades Educadoras, iniciado no dia 13, com uma apresentação que partilhou a estratégia de regeneração urbanística dinamizada nos últimos anos no concelho.
O arquiteto Nuno Travassos, da equipa técnica municipal de urbanismo, deu a conhecer, numa intervenção realizada no dia 14, a estratégia “Setúbal, Mais Cidade, Mais Rio”, com um conjunto de orientações que apostam na consolidação, reabilitação e valorização da malha urbana edificada.
Durante o dia 15, esteve patente uma apresentação audiovisual com um conjunto de exemplos de educação para a cidadania, incluindo a iniciativa de requalificação assente no voluntariado Setúbal Mais Bonita, a embarcação pedagógica Maravilha do Sado, o espaço Casa da Avenida e o projeto Renovação do Projeto Museográfico do Museu do Trabalho Michel Giacometti.
A Associação Internacional das Cidades Educadoras, fundada em 1994, é uma entidade sem fins lucrativos, com sede em Barcelona, constituída por uma estrutura permanente de colaboração entre os governos comprometidos com a Carta das Cidades Educadoras.
Atualmente fazem parte da associação internacional 37 países e 497 municípios de todo o mundo, tendo o município de Setúbal aderido em setembro de 2012. Portugal, através da Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras, tem um total de 68 municípios aderentes.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010