Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Almada celebra um ano de PS ao comando da autarquia

"Foi um ano de arrumar a casa em matérias que não estávamos à espera"


A Câmara de Almada já celebrou um ano de governação PS e a presidente, Inês de Medeiros, falou sobre a melhoria das condições para os trabalhadores da autarquia. Para a presidente da Câmara de Almada, este foi "um ano de arrumar a casa em matérias que não estávamos à espera, que dizem respeito aos direitos dos trabalhadores. Permitam-me que diga, a CDU é muito mau patrão", sublinhou Inês de Medeiros.
Inês de Medeiros comanda município há um ano 

Segundo Inês de Medeiros, o início do mandato foi surpreendido pelas "poucas condições de trabalho para os trabalhadores da câmara municipal" e por uma "cultura do medo".
"Penso que estas duas grandes e tristes constatações foram ultrapassadas. Neste ano conseguimos a alteração de posicionamento de 502 trabalhadores, por acumulação de pontos. Concluímos em tempo recorde todo o processo do Programa de Regularização Extraordinária de Vínculos Precários, tendo regularizado 50 situações precárias. E importa dizer que estão em curso 19 situações para entrarem nos quadros", avançou a autarca.
Além desta situação, Inês de Medeiros destacou que a vitória socialista é fundamental para que Almada assuma "lugar de centralidade" na Área Metropolitana de Lisboa.
Para a presidente, esta ligação à capital portuguesa já está a dar frutos com a criação de uma empresa de transportes, com um passe acessível, que "vai trazer economias substanciais para as famílias".
"Quero deixar claro que é esta mudança em Almada, esta abertura, que faz com que investidores olhem para nós e digam 'se Lisboa está cheia, está quase proibitiva, o sítio para onde queremos ir é para Almada, porque é onde está a maior qualidade de vida da Área Metropolitana de Lisboa'", mencionou.

Autarca apresenta prioridades para 2019 
Apesar do vento que se fazia sentir lá fora, Inês de Medeiros manteve o espírito positivo e anunciou a duplicação de verbas no próximo ano para diversas áreas, como a solidariedade, habitação e inclusão, a cultura, o espaço público e para a economia, inovação e turismo.
Neste sentido, a presidente socialista anunciou alguns dos investimentos para 2019, dos quais se destaca a obra de reabilitação no Presídio da Trafaria, "com a instalação de um grande Instituto de Artes e Tecnologia".
Além disso, Inês de Medeiros revelou que a autarquia tem estado em negociações com o Ministério da Justiça para "voltar a haver em Almada um Tribunal do Trabalho".
Já em relação a acessos rodoviários, avançou que o IC20, a porta de entrada para a Costa de Caparica, vai ser "uma via municipal", e a reabilitação da Estrada Nacional 377.
O primeiro-ministro, António Costa, esteve presente a celebrar o que considerou "uma das maiores alegrias de outubro do ano passado", a vitória do PS em Almada.
À semelhança de Inês de Medeiros, o secretário-geral do PS falou sobre o contributo que terá para as famílias do concelho a criação de "transporte acessível e mais barato".

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010