Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Sesimbra mantém refeições escolares nas férias de Natal

Apoio fundamental para muitas famílias que não conseguem dar de comer às crianças 

Durante as férias de Natal (entre 18 de Dezembro, sexta, e 4 de Janeiro, segunda, – exceto dias 24 e 31), a Câmara de Sesimbra terá em funcionamento dois refeitórios escolares, de confecção local, (Escola Básica n.º 3 da Quinta do Conde e Escola Básica de Sampaio), que distribuirão refeições, em regime de catering, às restantes escolas básicas do primeiro ciclo e jardins de infância do concelho. Este apoio escolar de âmbito social iniciou-se há quatro anos, "numa altura em que se verificou que muitos dos alunos do escalão A da Ação Social Escolar deixavam ter acesso a uma refeição completa. A autarquia começou por entregar cabazes alimentares às famílias, o que ainda hoje acontece", sublinha a Câmara, lembrado que foram distribuídos esta semana 200 cabazes. 
Câmara assegura 150 refeições escolares a famílias no Natal

Estão abrangidos por este apoio todos os alunos do 1.º ciclo inscritos nas Atividades de Tempos Livres das associações de pais e crianças do pré-escolar que neste período se mantêm nos jardins-de-infância na Componente de Apoio à Família (entre as 8 e as 18.30 horas). No total, diz a autarquia, "vão ser servidas cerca de 150 refeições por dia para o 1.º ciclo e 170 no pré-escolar".  A Câmara de Sesimbra assegura ainda as despesas de funcionamento dos refeitórios.
"Tal como nos períodos letivos, o valor das refeições por aluno varia consoante o escalão de posicionamento no abono de família", explica autarquia em comunicado.
Este apoio escolar de âmbito social iniciou-se há quatro anos, "numa altura em que se verificou que muitos dos alunos do escalão A da Ação Social Escolar deixavam ter acesso a uma refeição completa. A autarquia começou por entregar cabazes alimentares às famílias, o que ainda hoje acontece", sublinha a Câmara, lembrado que foram distribuídos esta semana 200 cabazes.
Posteriormente começou a fornecer refeições a estas crianças nas escolas e mais tarde alargou o apoio a todas as crianças do 1.º ciclo e pré-escolar que estão em contexto escolar durante a pausa letiva.
"O que começou por ser um apoio a agregados mais carenciados é hoje um apoio alargado e fundamental para muitas famílias que, por motivos profissionais ou outros, não têm opções para as crianças nas férias de Natal", realça o município liderado por Augusto Pólvora.

Autarquia distribui cabazes alimentares a 200 crianças
Durante a pausa escolar de Natal, a Câmara Municipal distribuiu cabazes de alimentos com artigos de primeira necessidade como cereais, leite, bolachas, arroz, massa, azeite e carne a duzentas crianças de agregados familiares vulneráveis, que sejam alunos do 1.º ciclo numa escola pública do concelho (cem na freguesia da Quinta do Conde e cem nas freguesias de Santiago e Castelo).
Os destinatários pertencem ao escalão A da Ação Social Escolar e estar sinalizadas pelo serviço de Ação Social da autarquia.
Esta ação da Câmara de Sesimbra, que se repete há três anos nas pausas letivas, Natal, Páscoa e Verão "surgiu depois de se ter verificado que em consequência do encerramento das cantinas escolares ocorria um agravamento da situação das famílias mais carenciadas com crianças em idade escolar, nomeadamente a nível alimentar, uma vez que estas deixavam de fazer a refeição diária a que têm direito na escola. Apesar de alguns refeitórios escolares funcionarem em alguns dos dias das pausas letivas verificou-se que não eram suficientes para uma resposta eficaz", conclui a autarquia.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010