Dá um Gosto ao ADN

sábado, 24 de novembro de 2012

Lado B da Fama: Encantador de Cães esteve perto do suicídio


Separação e a morte do seu cão preferido levou Cesar Milan ao desespero

O treinador de cães e estrela de televisão Cesar Milan esteve à beira do suicídio em 2010 quando a mulher lhe pediu o divórcio e quando Daddy, o seu pitbull de estimação, morreu. Agora, dois anos depois, ele espera que a sua história ajude outros na mesma situação. “Tornou-me consciente da dor e do processo de cura”, diz o Encantador de Cães.


Cesar Milan explica que quase se suicidou há dois anos 


O apresentador do programa O Encantador de Cães (exibido em Portugal pela SIC Mulher) revelou, num documentário para o canal Nat Geo Wild, que atingiu o seu "ponto mais baixo" em 2010, quando o seu cão favorito morreu e a sua mulher entrou com o pedido de divórcio, ao fim de 16 anos de casamento. 
"Mergulhei numa depressão profunda. Perdi muito peso e, mais importante que tudo, senti que tinha perdido o mais importante da minha vida, a minha família", explicou Cesar Milan.
“Sempre fui honesto com os mesmo fãs e isso implica ser aberto quanto às minha lutas interiores. Apesar de negro, esse momento mostrou-me que ainda faço falta e ainda tenho muito para dar”. Agora, dois anos depois, ele espera que a sua história ajude outros na mesma situação. “Tornou-me consciente da dor e do processo de cura”, diz o Encantador de Cães.
Depois de ter sobrevivido a uma overdose com medicamentos, o treinador de cães recuperou graças ao exercício físico, ao trabalho e a Jahira Dar, a sua atual namorada, que considera ser "a tal".

Agência de Notícias 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010