Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Jornalista tenta “agredir” Miguel Relvas

PSP da Horta detêm jornalista da Costa da Caparica por tentativa de agressão a ministro

A PSP deteve, na Horta, Açores, um homem que tentou entrar no quarto de hotel onde está hospedado o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, que se deslocou aos Açores para assistir à posse do Governo Regional. O homem, sabe o ADN, é da Costa da Caparica e um antigo jornalista do Expresso e do Público. Apesar de libertado ontem à noite, o jornalista vai ser presente hoje a um juiz.

Homem foi detido pela segurança num hotel na cidade da Horta

Um jornalista, residente da Costa da Caparica, que terá tentado agredir o ministro Miguel Relvas, no final desta terça-feira num hotel da cidade da Horta, nos Açores.
O presumível agressor, antigo colaborador do jornal Público e do semanário Expresso, foi retido pelos seguranças quando, no interior do hotel, tentou passar dos insultos à tentativa agressão física do ministro. 
De imediato detido para identificação (e libertado por volta das 23h), deverá ser presente a um juiz do Tribunal da Horta na manhã desta quarta-feira, altura em que estava previsto regressar a Lisboa, no mesmo voo em que viajaria o ministro.
Instalado no mesmo hotel em que estava hospedado o ministro, o homem começou por insultar Miguel Relvas à saída da Assembleia Legislativa dos Açores, logo depois da cerimónia de tomada de posse do novo governo regional dos Açores, em que o ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares representou o Governo da República. Na altura, empunhava um cartaz onde estava escrito “Bem-vindo Dr. Relvas. Angola gosta muito do Sr. Doutor”.
Miguel Relvas manteve o programa da visita, tendo, depois do incidente, participado no jantar oferecido pela nova presidente do parlamento açoriano, em homenagem aos recém-empossados membros do governo e deputados regionais.
A notícia foi avançada pelo Expresso e confirmada à imprensa por fonte do gabinete do ministro, que recusou fazer qualquer comentário, remetendo declarações para as forças de segurança.
O incidente ocorreu perto das 17h30 nos Açores (18h30 em Lisboa) e além da tentativa ao ministro, o homem terá ainda, diz o Expresso, agredido um segurança.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010