Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 17 de julho de 2012

Passeios pelo Tejo continuam a atrair visitantes


Venha conhecer as margens do Tejo... no Boa Viagem

O varino municipal “O Boa Viagem”, um ex-líbris do concelho da Moita, continua a proporcionar experiências memoráveis aos muitos visitantes que o procuram, quer individualmente, quer em grupo, em passeios fluviais de três horas ou de dia inteiro.

Até ao fim de Outubro, o Boa Viagem promete grandes passeios pelo Tejo

Só entre os meses de Junho e Outubro de 2011, mais de 1500 pessoas tiveram a oportunidade única de conhecer o município da Moita e as suas margens, bem como os concelhos limítrofes, na perspectiva de rio para terra. Apreciar a beleza do varino, património municipal, e contactar com uma embarcação que, em tempos, contribuiu para o desenvolvimento económico deste município ribeirinho, são algumas das coisas que se podem aprender ao ouvir as histórias do Mestre.
No corrente mês de Julho, os passeios fluviais no varino municipal “O Boa Viagem” estão já marcados para os dias 24, das 17:45h às 20:45h (Moita, Base Aérea do Montijo, Baixa da Banheira e Moita) e 25, das 18:30h às 21:30h (Moita, Base Aérea do Montijo, Baixa da Banheira e Moita).
Os preços são bastante convidativos, sendo que nos passeios fluviais de inscrição individual de duração de três horas, crianças até 6 anos não pagam; crianças dos 6 aos 12 anos pagam 1,79€ e os adultos 3,58€. Nos passeios de dia inteiro (doze horas) a entrada de crianças até 6 anos também é gratuita; as crianças de idades situadas entre os 6 e 12 anos pagam 2,98€ e os adultos 5,95€.
Até Outubro, o varino municipal “O Boa Viagem” continuará a dar um colorido diferente às águas do Tejo, nos vários passeios já agendados (calendário disponível em www.cm-moita.pt). Os bilhetes podem ser adquiridos no Posto de Turismo Municipal, na Moita.

Moita recuperou embarcação em 2011
Recorde-se que o “Boa Viagem” voltou ao Tejo [depois de obras de restauro] restauro no Verão de 2011. A recuperação, envolvendo um investimento que ascendeu aos 445 mil euros, insere-se no âmbito da Operação de Valorização Integrada da Zona Ribeirinha – Da Caldeira da Moita à Praia do Rosário – e implicou a substituição quase total da estrutura do varino, tendo sido utilizadas entre 60 a 70 toneladas de madeira para a reconstrução das diferentes partes desta embarcação tradicional. Os trabalhos, realizados no Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos, foram executados de acordo com os saberes, materiais e técnicas ancestrais da carpintaria naval para se preservar a originalidade e especificidade do varino.
De referir que a Câmara da Moita foi pioneira na aquisição e recuperação, em 1981, de uma embarcação típica do Tejo. Desde essa altura, colocou o varino “O Boa Viagem”, património vivo deste concelho, ao serviço da população, proporcionando passeios fluviais pelo Tejo, que decorrem, habitualmente, entre Abril e Outubro.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010