Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Moscatéis da península de Setúbal ganham cinco medalhas


Sempre entre os melhores...

Na edição deste ano, que decorreu a 5 e 6 de Julho, em França, o nosso país ganhou sete medalhas, cinco dos quais da península de Setúbal. Os vinhos da região continuam a brilhar nas competições internacionais.

Moscatel de Setúbal continua entre os melhores do mundo 


Os moscatéis produzidos na península de Setúbal conquistaram cinco medalhas na competição internacional Muscats du Monde, a mais importante, realizada no início deste mês, dias 5 e 6, em França.
Os moscatéis premiados foram Malo Tojo Estates, 2009, DOC Setúbal (medalha de ouro); Venâncio da Costa Lima, DO Setúbal (medalha de prata); SIVIPA, 1996, DOC Setúbal (medalha de prata); Adega de Pegões, 2010, DOC Setúbal (medalha de prata); Reserva António Saramago, 2007, DOC Setúbal (medalha de prata).
O júri internacional provou durante dois dias 232 moscatéis de 24 países, de onde resultaram 78 medalhas – 2 Grandes Medalhas de Ouro, 24 Medalhas de Ouro e 52 de Prata. Portugal trouxe para casa 7 galardões, quatro de ouro e três de prata.
Recorde-se que na edição de 2011, o Moscatel de Setúbal Reserva 2006, da empresa Venâncio da Costa Lima, recebeu o título de “Melhor Moscatel do Mundo”. Ora, este ano o seu sucessor é um moscatel espanhol - BTL Lanzarote.
A região da Península de Setúbal tem uma longa tradição na produção de vinhos generosos, como o Moscatel de Setúbal, tendo uma área produtiva delimitada desde 1907, uma das mais antigas do país.
Este vinho ficou também conhecido por “Torna-Viagem”, pelas suas longas e distantes viagens até terras brasileiras, regressando o excedente à origem mais concentrado e suave. Aliás, a adega José Maria da Fonseca ainda mantém esta tradição.
De salientar que para a sua produção, é necessário que estejam presentes, pelo menos 67 por cento das castas “Moscatel de Setúbal” ou “Moscatel Roxo”; quando este valor é superior a 85 por cento, as castas assumem-se como “designação tradicional” da Denominação de Origem “Setúbal”.
No top das competições internacionais de vinhos moscatel está a Muscats du Monde. Realizado em França há 12 anos, o concurso dos melhores moscatéis do mundo cedo conseguiu o reconhecimento mundial pela representatividade e pelos rigorosos métodos de avaliação.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010